Você sabia que a Universidade Estadual de Campinas (Unicamp) foi eleita a segunda melhor universidade do país, pelo ranking de universidades feito pela Folha de São Paulo e recebeu nota quatro no Enade em 2020? Além disso, é eleita a melhor universidade da América Latina, pela revista britânica The Higher Education (THE). Com isso, o Estratégia Vestibulares separou as principais informações sobre o curso de Medicina da Unicamp.

Como ingressar no curso de Medicina da Unicamp?

De acordo com o Ranking Universitário da Folha (RUF), o curso de Medicina da Unicamp está em segundo lugar no ranking nacional. Para ingressar na instituição, há dois processos seletivos para ingresso no curso de Medicina, com 120 vagas anuais, distribuídas da seguinte maneira: 

  • 110 ofertadas pelo Vestibular da Unicamp
  • 10 ofertadas pelo Programa de Formação Interdisciplinar Superior (ProFIS)

O ProFIS é um curso sequencial de Ensino Superior da Unicamp, para estudantes que cursaram o Ensino Médio em escolas da rede pública na cidade de Campinas. Dessa maneira, ao concluir o ProFIS, o estudante pode ingressar na Unicamp sem necessidade de realização do vestibular. 

Como é o vestibular da Unicamp?

Em virtude da pandemia de Covid-19, na última edição do vestibular da Unicamp, a primeira fase foi dividida em dois dias e contou com 72 questões objetivas, com provas diferentes de acordo com a área de conhecimento do curso escolhido. No primeiro dia quem realiza a prova são os candidatos das áreas de Ciências Humanas/Artes e Exatas/Tecnológicas, e no segundo os candidatos de Ciências Biológicas/Saúde.

a segunda fase, permanece com dois dias de prova. Confira: 

1° dia:

  • Prova de redação com duas propostas, para que o candidato escolha uma para executar.
  • 8 questões de de Língua Portuguesa e Literatura
  • 2 questões interdisciplinares de Inglês e Ciências Naturais e Humanas 

2° dia:

  • 6 questões de Matemática
  • 2 questões de Ciências Humanas
  • 2 questões Ciências Naturais

Ainda no segundo dia, a prova de conhecimentos específicos de acordo com a opção de curso:

  • Área de Ciências Biológicas e Saúde: 6 questões de biologia e 6 de química.
  • Área de Ciências Exatas e Tecnológicas: 6 questões de física e 6 de química.
  • Área de Ciências Humanas e Artes: 6 questões de geografia e 6 de história, com conteúdos de Filosofia e Sociologia.

Medicina da Unicamp

Segundo a instituição de ensino, o curso de Medicina da Faculdade de Ciências Médicas da Unicamp é o mais antigo da universidade e, com duração de seis anos, tem como objetivo formar profissionais com “conhecimentos, habilidades e atitudes para exercer a Medicina com ética, numa visão humanística, com senso de responsabilidade social e compromisso com a cidadania”.

O curso de Medicina da Unicamp possui ampla infraestrutura e oportunidades para os estudantes, entre eles estão:

  • Centro de Atenção Integral à Saúde da Mulher (CAISM)
  • Centro de Diagnóstico de Doenças do Aparelho Digestivo
  • Centro de Hematologia e Hemoterapia
  • Centros de Saúde da rede pública do município de Campinas
  • Gastrocentro
  • Hemocentro
  • Hospital das Clínicas
  • Hospital Estadual de Sumaré
  • Unidades Básicas de Saúde de Campinas

Grade curricular do curso de Medicina da Unicamp

Veja abaixo algumas das matérias que compõem a grade curricular do curso:

  • Célula
  • Embriologia Humana
  • Biologia Tecidual
  • Aparelho Locomotor
  • Sistema Cardiovascular
  • Ações de Saúde Pública I
  • Prática de Ciências I
  • Ética I
  • Sistema Respiratório
  • Sistema Digestório
  • Sistema Endócrino
  • Sistema Urogenital
  • Relação Patógeno-Hospedeiro II 
  • Medicina e Saúde 
  • Ações de Saúde Pública II
  • Prática de Ciências II
  • Ética II
  • Relação Patógeno-Hospedeiro I 
  • Introdução a Imunologia Médica
  • Neurociências I
  • Princípios de Farmacologia
  • Laboratórios de Habilidades I
  • Saúde e Sociedade I
  • Epidemiologia e Saúde I
  • Bioética I
  • Relação Patógeno-Hospedeiro III 
  • Relação Patógeno-Hospedeiro IV
  • Neurociências Clínicas
  • Introdução à Patologia
  • Anatomia Aplicada à Prática Médica I
  • Laboratórios de Habilidades II
  • Saúde e Sociedade II
  • Epidemiologia e Saúde II
  • Bioética II
  • Fisiopatologia Integrada I
  • Anatomia Aplicada à Prática Médica II
  • Semiotécnica da Obs. Clínica
  • Ética Médica I
  • Fisiopatologia Integrada II
  • Anatomia Aplicada à Prática Médica III
  • Semiologia e Propedêutica
  • Medicina Legal

Além disso, os estudantes podem escolher entre diversas disciplinas optativas e atividades complementares, que agregam no currículo do aluno. No internato da Unicamp, os estudantes ficam divididos em três hospitais localizados dentro da instituição: Hospital das Clínicas, Centro de Atenção Integral à Saúde da Mulher (CAISM) e Hospital Estadual de Sumaré. 

O primeiro ano de internato é responsável por metade de toda a carga horária que os estudantes encontram no curso, realizando plantões de 12 à 24 horas nos hospitais.

Quais os benefícios da Unicamp?

A instituição oferece benefícios aos candidatos ingressantes na instituição, sendo eles:

  • Investimento em pesquisa (CNPq e FAPESP)
  • Centro Pluridisciplinar de Pesquisa Químicas, Biológicas e Agrícolas
  • Auxílio criança
  • Auxílio educação especial
  • Pensão alimentícia
  • Bolsas auxílio

Ficou interessado em cursar Medicina na  Universidade Estadual de Campinas? Acesse o Estratégia Vestibulares e confira todos os benefícios que te ajudarão a ingressar em uma das melhores universidades do País! 

Você pode gostar também
unirv
Leia mais

UniRV: tudo sobre a prova

Neste texto, o Estratégia Vestibulares reune para você todas as informações importantes sobre o vestibular UniRV! Confira já!