Última atualizaçao em: 05 de Novembro de 2020, ás 20:30

A capital mineira, Belo Horizonte, vive uma tensão nos últimos dias. Uma substância chamada dietilenoglicol (DEG) foi encontrada em um lote da cerveja Belorizontina. Até o momento, quatro pessoas morreram intoxicadas por essa substância e outros 17 casos estão sob investigação.

Primeiro, a substância é altamente tóxica, mas ela não é utilizada para a produção da cerveja. Algumas cervejarias utilizam essa substância durante o processo de refrigeração da bebida. [“Como assim, Professor?”] Calma, coração. Vou explicar o processo. Vamos lá!

Uma coisa é a mistura dentro da garrafa e outra coisa é a mistura utilizada para resfriar o líquido da cerveja em produção. O tanque de produção de cerveja é, geralmente, revestido por duas lâminas de aço inox, preenchida pela cerveja em formação e, mergulhado no líquido, uma serpentina.

Essa serpentina tem a função de resfriar a produção da cerveja, ou seja, para que o DEG tenha sido encontrado dentro da garrafa é porque teve algum vazamento no processo. O líquido dentro da serpentina teve que sair dela.

O DEG é um anticongelante, ou seja, é possível resfriar bastante uma mistura contendo água e não ter perigo de congelar. A ingestão de dietilenoglicol pode provocar a síndrome nefroneural e levar a insuficiência renal aguda e alterações neurológicas.

Entre os sintomas estão paralisia facial, embaçamento ou perda da visão. Mas, sabe o que é mais estranho?

A Backer, que é a cervejaria responsável pela produção da Belorizontina e é ganhadora, em 2019, do prêmio melhor cervejaria das Américas pela Copa Cervezas de América, publicou que não utiliza DEG em seus processos de refrigeração, mas sim uma mistura de água e etanol.

Essa publicação é alvo de muita discussão: fake news? Alguém sabotou a cervejaria? A intoxicação foi no supermercado? O que você acha? Deixe aqui sua opinião. É isso, pessoal! Sigam-me nas redes sociais. Tem dicas todos os dias.

Abraços!

Instagram: @professorprazeres

CURSOS PARA VESTIBULAR

0 Shares:
Você pode gostar também