Se você acha que quem faz faculdade de Direito só pode se tornar advogado ou juiz, errou feio. Antes de optar pelo curso, você precisa saber que dá pra fazer muita coisa com o diploma além de advogar, incluindo carreiras na polícia e na diplomacia e até na tecnologia. Legal, né? 

O curso é flexível e cabe em diversas áreas de atuação, mas costuma ser um dos mais concorridos do vestibular. Na Fuvest de 2020, vestibular da Universidade de São Paulo (USP), para cada vaga no curso havia mais de 24 concorrentes. 

Para quem quer tentar uma universidade menos concorrida, não se preocupe. Com 1.500 opções, o Brasil é campeão de oferta de cursos de Direito no mundo, segundo a Fundação Getúlio Vargas (FGV). 

No entanto, a Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) recomenda apenas 161 destas instituições de ensino. Então, é preciso ter muito cuidado na hora de escolher onde estudar e verificar quais delas possuem conceitos de excelência pelo Ministério da Educação (MEC).

Além da vasta atuação profissional, a área do Direito é uma ciência aplicada que demanda muito estudo e dedicação para ser compreendida. Apesar da fama de “complexa”, o professor de Direito e doutorando pela Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), Gabriel Amaral, define a área como sendo “extremamente cativante”. 

O professor garante que “os cinco anos de graduação são realmente uma experiência que possibilitam ao estudante um processo de amadurecimento e de compreensão do mundo e do nosso contexto social de maneira bastante específica”. 

Ficou ainda mais apaixonado pelo Direito? Siga com o Estratégia Vestibulares e saiba tudo sobre o curso na matéria que preparamos pra você! 

O que é o Direito?

De forma geral, o Direito é uma área que versa sobre a legislação e as normas para a vida em sociedade. O filósofo Immanuel Kant define a área como “o conjunto de condições segundo as quais o arbítrio de cada um pode coexistir com o arbítrio dos outros de acordo com uma lei geral de liberdade”. 

Ele surge da necessidade de regular a existência e a convivência entre nós, definindo o que é “certo” e “errado”, o que “pode” e o que “não pode” ser feito, as penas que serão exercidas pelo Estado em caso de descumprimento deste “pacto coletivo” que são as leis, e a garantia da dignidade humana. 

Juiz Federal formado pela USP e doutor pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC-SP), o professor Eduardo da Fonseca Costa define o direito como sendo “o ramo do conhecimento científico que se dedica a sistematizar, compreender e aplicar as normas de convívio social editadas pelo Estado ou por quem ele autorize”.

Faculdade de Direito: como funciona o curso?

A faculdade de Direito, junto como as de Medicina e Engenharia, é uma das mais procurados por quem está escolhendo qual carreira seguir. Tudo isso porque é a área é uma das mais antigas e tradicionais do País, além de ser consagrada como uma profissão respeitada e de prestígio. Mas, para chegar lá, o aluno deve enfrentar cinco anos de muito estudo, leitura e entendimento do Estado, da sociedade, da história e da legislação. 

A particularidade do curso é que terminá-lo não garante o exercício da advocacia. Para isso, é preciso ser aprovado no exame da OAB. Se você já for graduado e está pensando nos rumos da carreira, o Estratégia OAB pode te ajudar no exame! 

Direito: o curso é pra mim?

É fato que o Direito é uma área consagrada, mas com certeza não é para todos. O professor Dr. Eduardo da Costa resume que um estudante de Direito precisa ter  “vocação para as Ciências Humanas, desejo pelo aprendizado permanente e gosto por leitura”.

Mas, fica o alerta: a área não é sobre “decoreba” de textos chatos e complexos. O professor Gabriel Amaral defende que a postura do aluno deve ser sempre crítica sobre a realidade e as instituições. 

Para ele, não basta ser “simplesmente aquele ou aquela estudante que lê e decora os artigos das leis, sem uma postura crítico-reflexiva sobre o conteúdo dessas normas, sobre o contexto brasileiro e sobre a aplicação prática dessas leis”. 

Se você se encaixar nesse perfil, o curso abre um leque de oportunidades bastante interessantes. Mas existem muitas outras áreas que você pode atuar, caso seu perfil for outro. 

O MEC estabelece nas diretrizes curriculares para o curso de Direito as seguintes habilidades desejadas, que o estudante irá desenvolver durante o curso:

  • Leitura, compreensão e elaboração de textos e documentos;
  • interpretação e aplicação do Direito;
  • pesquisa e utilização da legislação, da jurisprudência, da doutrina e de outras fontes do Direito;
  • correta utilização da linguagem – com clareza, precisão e propriedade –, fluência verbal e escrita, com riqueza de vocabulário;
  • utilização de raciocínio jurídico, de argumentação, de persuasão e de reflexão crítica;
  • julgamento e tomada de decisões; e
  • domínio de tecnologias e métodos para permanente compreensão e aplicação do Direito.

Grade curricular da Faculdade de Direito

A grade da Faculdade de Direito muda de acordo com cada universidade e até com o enfoque da graduação. No entanto, algumas disciplinas são encontradas na grande maioria dos cursos. O estudante vai encontrar, no início, uma grade curricular carregada de disciplinas de ciências humanas, como:

  • Filosofia
  • Sociologia
  • Teoria Política 
  • Economia 
  • Direito Romano 
  • Teoria do Direito
  • Direitos Humanos

Depois, as disciplinas serão divididas por áreas de atuação, como:

  • Direito Administrativo
  • Direito Ambiental
  • Direito Civil
  • Direito Comercial e Empresarial
  • Direito Constitucional
  • Direito das Obrigações
  • Direito de Família
  • Direito de Propriedade
  • Direito do Consumidor
  • Direito do Trabalho
  • Direito Eleitoral
  • Direito Internacional Privado
  • Direito Internacional Público
  • Direito Penal
  • Direito Previdenciário
  • Direito Processual Civil
  • Direito Processual do Trabalho
  • Direito Processual Penal
  • Direito Tributário

Faculdade de Direito: mercado de trabalho e onde atuar

Como explicamos no começo, nem só de advocacia vive o Direito. Claro que na área existem muitas oportunidades e áreas de atuação. Quem optar pela advocacia privada pode atuar, após ser aprovado no exame da OAB, com Direito Processual, Direito Civil, Direito Penal, Direito Trabalhista, Direito Tributário, Direito Ambiental, Direito Previdenciário… ufa! É muita coisa.

Mas ainda não acabou! O Direito também é requisito básico para a carreira de juiz, procurador, desembargador, delegado, promotor, defensor público, oficial de Justiça, escrivão da polícia e analista judiciário. Quase todas são funções públicas, sendo necessário aprovação em concurso público para exercê-las. Se você já é estudante ou graduado e está procurando apoio para prestar concurso público, o Estratégia Concursos tem tudo que você precisa! 

Por abranger muitas áreas de atuação, o Direito também tem uma grande amplitude de salário, que pode passar de R$ 27 mil. De acordo com o Salariômetro da Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (FIPE), a média salarial é de R$ 3.529 para os recém-formados e R$ 4.500 para quem possui especialização. 

Existem também as áreas que estão surgindo, como o compliance – quando um advogado é contratado por uma empresa para garantir que a legislação específica seja respeitada, por exemplo, no Direito Ambiental. Também existem os que estão sendo contratados em empresas de tecnologias devido à Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD) e por aí vai!

Como se tornar Juiz Federal?

Conhecida como o “topo” da carreira jurídica, a magistratura é famosa pela alta remuneração e prestígio social. No entanto, o cargo vem acompanhado de anos de estudo e dedicação ao conhecimento das leis, de muito trabalho e, acima de tudo, muita responsabilidade. 

Para se tornar Juiz Federal, “além de ter as vocações naturais para a magistratura (honestidade, serenidade, prudência, autocontrole, capacidade gerencial, etc.) e de cumprir as exigências constitucionais (três anos, no mínimo, de atividade jurídica), o bacharel em direito deve interessar-se pelos ramos do direito público (constitucional, administrativo, financeiro, tributário, ambiental, previdenciário, penal, processual civil, processual penal, previdenciário etc.), pois são as disciplinas mais exigidas nas provas de concurso e mais frequentes no dia a dia forense”, elucida o juiz e professor Eduardo José da Fonseca Costa.

Como é a carreira acadêmica no Direito?

A área acadêmica é para quem gosta pretende fazer mestrado e doutorado, sendo professor de universidade, atuando com pesquisa científica e produção de conhecimento. No entanto, como explica o professor Gabriel Amaral, é a partir das reflexões e debates realizados no meio acadêmico que muitas legislações são atualizadas ou alteradas, onde vários debates são feitos para que a área se desenvolva. 

“É a partir da academia, principalmente por conta das pesquisas e trabalhos científicos de mestres/doutores e de pós-graduandos (stricto sensu), que as teorias vão se aprimorando, vão surgindo novas teses, novas compreensões e interpretações sobre casos práticos a partir de análises empíricas”, afirma.

Onde estudar Direito?

O Direito é um curso muito oferecido em universidades públicas e privadas. Por isso, está presente em várias cidades do país. Segundo o Ranking Universitário da Folha, o Folha RUF, as dez melhores faculdades de direito em universidades públicas são:

Os dez melhores cursos em universidades privadas são:

Direito: como passar no vestibular?

Por ser um curso muito concorrido nas universidades estaduais e federais, o vestibulando de Direito precisa ter foco e persistência para alcançar a tão sonhada aprovação. O Estratégia Vestibulares tem tudo para te ajudar a conquistar esse sonho. Entre as vantagens de ser Estratégia, estão: 

  • livros digitais completos com o conteúdo que será cobrado em sua prova;
  • videoaulas com linguagem direta e objetiva;
  • fórum de dúvidas;
  • trilhas estratégicas preparadas por alunos recém-aprovados em Direito na USP;
  • monitorias semanais com dicas e planejamento de estudos;
  • simulados com questões inéditas no padrão da banca;
  • correções infinitas de redação, com compromisso de prazo;
  • comunidades em mídias sociais;
  • entre outros bônus exclusivos para alunos.

Veja mais conteúdos do Estratégia Vestibulares

O Estratégia tem todo o suporte para ajudar na sua aprovação nas melhores universidades do país! Vamos estar com você todos os dias, até que seu sonho seja alcançado. Chegou a sua hora de fazer Faculdade de Direito.

Enem Estratégia Vestibulares
Caso queira conhecer um pouco melhor a área, confira as oportunidades de trabalho na área do Direito.
Você pode gostar também
Foto: Divulgação
Leia mais

Obstetrícia: tudo o que você precisa saber sobre a graduação

Se você está prestando vestibular e tem interesse na carreira de Obstetrícia, neste texto  falamos sobre grade curricular, áreas de atuação, perfil do profissional e mais. Confira o conteúdo que o Estratégia Vestibulares preparou para você. 
Leia mais

9 filmes e séries sobre Medicina

Série e filmes sobre Medicina são um sucesso no mundo todo. Pensando nisso, o Estratégia Vestibulares preparou este texto com diversos filmes e séries para você conhecer um pouco mais sobre essa área!