Banner Artigo

O que é malária e como é o ciclo de vida do Plasmodium

Data 13/12/2019

Categorias Biologia | Dicas de Estudo

Olá, caro aluno, tudo bem!? Eu sou a prof. Carol Negrin, professora de Biologia do Estratégia Vestibulares e, nesse artigo, vou tratar um pouco sobre a Malária e o ciclo de vida do Plasmodium.

O Plasmodium, agente etiológico da malária, é um parasita protoctista do grupo dos apicomplexos. Tem como hospedeiro intermediário o ser humano e como hospedeiro definitivo a fêmea do mosquito do gênero Anopheles.

Dessa forma, o ciclo de vida do Plasmodium envolve dois hospedeiros. A fêmea infectada do mosquito Anopheles pica a pele humana e transmite, por meio de sua saliva, os esporos do Plasmodium (esporozoítos) para o sangue humano.

Os esporozoítos entram na circulação sanguínea e atingem as células do fígado, onde se dividem, produzindo inúmeros merozoítos. Quando as células do fígado se rompem, os merozoítos são liberados e infectam os glóbulos vermelhos (eritrócitos).

Ainda nos glóbulos vermelhos, os merozoítos iniciam seu ciclo reprodutivo assexuado, multiplicando-se por mitoses. Alguns deles formam gametócitos, os quais são aspirados quando uma fêmea do mosquito Anopheles pica uma pessoa infectada.

No trato digestivo do mosquito, os gametócitos se desenvolvem em gametas, possibilitando reprodução sexuada. O zigoto formado após a fecundação é incorporado ao estômago do mosquito e inicia a produção de esporozoítos, que serão liberados pelas glândulas salivares do mosquito na próxima picada, reiniciando o ciclo.

A questão

A malária representa um dos principais problemas de saúde pública no mundo. Embora a dimensão geográfica da transmissão esteja encolhendo no Brasil, o país ainda registra 42% dos casos da doença nas Américas. A Fundação Oswaldo Cruz, do Rio de Janeiro, recentemente desenvolveu um preparado com alta eficácia antimalárica, agora em fase de ensaios clínicos.

(Fontes: “Desafios para eliminação da malária”, Agência Fapesp, 2017; MAÍRA Menezes, “Malária: ensaio clínico aponta alta eficácia e ausência de resistência a medicamento”, Portal Fiocruz, 2016.)

Levando em conta seus conhecimentos sobre o ciclo de vida do Plasmodium, assinale a alternativa que indica um possível mecanismo de ação do preparado antimalárico.

a) Alterar a morfologia das hemácias dos mosquitos, diminuindo a taxa de infecção pelo parasita.

b) Impedir a entrada de parasitas nos linfócitos, reduzindo a carga de gametócitos circulantes.

c) Promover a multiplicação de esporozoítos no fígado, reduzindo o número de gametócitos.

d) Inibir a multiplicação de merozoítos nos eritrócitos, diminuindo a carga de parasitas circulantes.

Vamos resolver?

Levando em conta os passos desse ciclo e as alternativas, um possível mecanismo de ação do preparado antimalárico é inibir a multiplicação de merozoítos nos eritrócitos, diminuindo a carga de parasitas circulantes no hospedeiro intermediário, o que reduz a infecção de fêmeas de mosquitos que transmitem a doença.

Portanto, a alternativa correta é a letra d.

Vamos analisar as outras alternativas??

  • A alternativa a está incorreta, pois o parasita não infecta as hemácias (erotrócitos) do mosquito, mas as hemácias do ser humano.
  • A alternativa b está incorreta, pois o parasita não infecta os linfócitos (glóbulos brancos), mas os eritrócitos.
  • E a alternativa c está incorreta, pois promover a multiplicação de esporozoítos nas células do fígado aumentaria o potencial de formação de gametócitos.

A doença malária, o ciclo de vida do seu agente etiológico e demais características de protoctistas serão estudados na Aula 11 do Curso de Biologia Intensivo para a UNICAMP.

Então é isso, pessoal. Espero que vocês tenham gostado desse artigo. Qualquer dúvida, deixe seu comentário ou entre em contato através do Fórum de Dúvidas ou através das redes sociais.

Abraço,

Professora Carol Negrin.

Instagram: @carolnegrin

Leia mais…

CURSOS PARA UNICAMP

Prof. Carol Negrin

Prof. Carol Negrin

Graduada em Ciências Biológicas pela Universidade Estadual Paulista/UNESP, nas modalidades de Licenciatura e Bacharelado. Além disso, sou Doutora em Biologia Celular e Estrutural pela Universidade Estadual de Campinas/UNICAMP.

Deixe seu comentário!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você também pode gostar:
Quem nunca teve dúvidas sobre o uso do mau ou mal que atire a primeira
Viagem ou viajem... Talvez você já tenha confundindo em algum momento os termos. E se
Mais ou mas... As duas palavras existem na língua portuguesa, mas elas têm funções bastante
Entre as classes de palavras temos o adjetivo. Adjetivo é toda e qualquer palavra que
As palavras da língua portuguesa são divididas em dez classes, entre elas está o substantivo,

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *