Última atualizaçao em: 15 de Janeiro de 2021, ás 08:10

Confira as principais informações sobre o ENEM 2020 que o Estratégia Vestibulares reuniu para você!

Governador do Rio de Janeiro apoia o adiamento do Enem

Cláudio Castro, governador em exercício do Rio de Janeiro, e Comte Bittencourt, secretário estadual da Educação, defenderam o adiamento das provas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2020 em live. 

O déficit no aprendizado dos alunos, principalmente dos candidatos que possuem uma condição social mais vulnerável, foi o argumento usado para a declaração.

Mesmo com a posição favorável ao adiamento, o governo do Rio de Janeiro não entrou com nenhum pedido oficial.

Governo do Amazonas divulga decreto que confirma suspensão do Enem

O governo do Amazonas publicou um decreto na quinta-feira, 14 de janeiro, confirmando a suspensão do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2020. Nos últimos dias, o governo federal tentou recorrer para evitar o cancelamento das provas.

O decreto estadual confirma a decisão judicial, tomada no dia 13 de janeiro, que declarava a suspensão do Enem 2020. A medida foi feita por conta do estado de calamidade pública no Amazonas.

Presidente do Inep afirma que cidades que não puderem aplicar as provas ficarão de fora do Enem 2020

Alexandre Lopes, presidente do Instituto Nacional de Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), afirmou que as provas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2020 podem ser canceladas em cidades que não puderem aplicá-las.

Em entrevista concedida à CNN, o presidente falou sobre os locais onde as provas terão de ser remarcadas. De acordo com Alexandre Lopes, se as avaliações não forem aplicadas nos dias 23 e 24 de fevereiro, dias da reaplicação, estas cidades ficarão de fora do Enem 2020.

Enem está suspenso no Amazonas

As provas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2020 foram suspensas no Amazonas pela Justiça Federal. A decisão vai na contramão do que ocorreu no estado de São Paulo, onde as datas foram mantidas.

A suspensão se dá pelo grande número de casos do novo coronavírus em todo o estado do Amazonas. As provas não irão acontecer enquanto durar o estado de calamidade pública.

O Enem 2020 (impresso) acontece nos dias 17 e 24 de janeiro de 2021.

Inep mantém datas do Enem 2020

O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) mantém as datas de realização das provas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2020 após decisão judicial. O pedido de adiamento, feito pela Defensoria Pública da União (DPU) e o Ministério Público Federal (MPF), foi negado pela Justiça Federal.

A Juíza Marisa Cucio, da 12ª Vara Cível Federal de São Paulo, afirmou que as medidas adotadas pelo Inep são suficientes para a realização das avaliações do Enem 2020.

Com isso, as provas serão mantidas nos dias 17 e 24 de janeiro de 2021.

Inscritos com coronavírus precisam solicitar reaplicação das provas do Enem 2020

O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) informou que os candidatos com coronavírus no dia das avaliações do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2020 devem solicitar a sua reaplicação.

O participante precisa comprovar o seu estado por meio de um documento oficial, com o seu nome completo e a assinatura de um profissional. O Inep divulgou mais informações sobre o processo em seu site institucional.

As provas do Enem 2020, versão impressa, serão aplicadas nos dias 17 e 24 de janeiro de 2021.

Prouni 2021 abre inscrições

Estão abertas as inscrições para o Programa Universidade Para Todos (Prouni) 2021. Os candidatos interessados podem realizar o processo pelo site do programa até o dia 15 de janeiro.

A seleção do Prouni 2021, no primeiro semestre, será feita por meio das notas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2019, por conta do adiamento da edição de 2020. O programa possibilita a escolha de duas opções de curso, instituição e turno.

A divulgação dos resultados está prevista para os dias 19 de janeiro e 1 de fevereiro de 2021.

Portões do Enem 2020 serão abertos 11h30

O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) anunciou, por meio de uma nota no site, que os portões dos locais de aplicação das provas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2020 serão abertos às 11h30. Nesta edição, os portões serão abertos meia hora mais cedo para evitar aglomerações.

Na nota, o Inep informa que as avaliações terão início às 13h30 dos dias 17 e 24 de janeiro de 2021. Esta medida faz parte do plano de segurança adotado para o Enem 2020.

MEC libera consulta de bolsas disponíveis para o Prouni 2021

O Ministério da Educação (MEC) disponibilizou a consulta de bolsas disponíveis para o Programa Universidade Para Todos (Prouni) 2021. Os estudantes podem verificar as oportunidades no site oficial do Prouni.

O período de inscrições para o programa acontece entre 12 e 15 de janeiro. A divulgação da primeira chamada está prevista para o dia 19 de janeiro e a segunda no dia 1 de fevereiro.

Enem divulga Cartão de Confirmação de Inscrição

Os candidatos inscritos no Exame Nacional de Ensino Médio (Enem) 2020, a partir do dia 5 de janeiro, podem acessar o Cartão de Confirmação de Inscrição no site do seletivo. 

O documento traz informações sobre local de prova, data, horário e número de inscrição. Além disso, o Cartão de Confirmação de Inscrição informa a necessidade de atendimento especializado e uso de nome social.

O Instituto Nacional de Estudos Anísio Teixeira (Inep) aconselha os vestibulandos a carregar o documento no dia da prova.

MEC anuncia que o Fies 2021 terá menos vagas

O Ministério da Educação (MEC) anunciou, no Diário Oficial da União (DOU), que o Programa de Financiamento Estudantil (Fies) terá 93 mil vagas em 2021. O plano trienal do Fies 2018 afirmava que seriam oferecidas 100 mil vagas em 2021, 7 mil oportunidades a mais.

O último plano trienal, divulgado no fim de 2020, definiu 93 mil vagas para 2021, 2022 e 2023, somando 279 mil oportunidades. Além disso, o MEC afirma ter garantido 500 milhões de reais para o orçamento do Fies.

Inep publica Cartilha de Redação do Enem 2020

O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) divulgou a “Cartilha do Participante” do Exame Nacional de Ensino Médio (Enem) 2020. O documento traz a explicação de como funcionará a redação do processo seletivo.

Os candidatos precisam ler a Cartilha para entender quais serão os métodos de correção de texto aplicados na prova. Além disso, o documento traz exemplos de redações que alcançaram a nota mil no Enem 2019.

Confira aqui a Cartilha de Redação Enem 2020! O arquivo também está disponível, em forma de PDF, no site institucional do Inep.

MEC divulga edital do ProUni 2021/1

O Ministério da Educação (MEC) divulgou o edital do Programa Universidade para Todos (ProUni) 2021 no Diário Oficial da União (D.O.U). As inscrições começam no dia 12 de janeiro.

Para participar do programa, os candidatos precisam ter realizado a edição 2019 do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). O ProUni disponibiliza bolsas de estudo para candidatos que possuem renda familiar entre um e três salários mínimos.

As inscrições acontecem pelo site oficial do programa. A primeira chamada dos selecionados está prevista para o dia 19 de janeiro, já a segunda acontece em 1° de fevereiro.

MEC confirma que o Sisu 2021/1 vai utilizar as notas do Enem 2020

O Ministério da Educação (MEC) comunicou à imprensa, por meio de uma nota oficial, que o SIsu 2021/1 será em abril e usará as notas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2020. O comunicado vai contra a fala do ministro da Educação, Milton Ribeiro,  em entrevista à TV Asa Branca.

O ministro afirmou que o Sisu seria realizado em janeiro de 2021, impossibilitando o uso dos resultados do Enem 2020. Estudantes de todo o Brasil lotaram as redes sociais com reclamações sobre essa possibilidade.

Por conta dessa comoção, o MEC liberou uma nota esclarecendo o funcionamento do Sistema de Seleção Unificada (Sisu) 2021/1.

Inep estende período de inscrições para o Enem PPL 2020

O Instituto Nacional de Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) comunicou que as inscrições do Enem para privados de liberdade (Enem PPL) 2020 foram prorrogadas. O período foi estendido até o dia 18 de dezembro.

A inscrição dos candidatos deve ser realizada pelos responsáveis pedagógicos das unidades prisionais, no site do Inep. 

As provas do Enem PPL 2020 serão realizadas nos dias 23 e 24 de fevereiro de 2021. A divulgação do resultado do seletivo acontece junto ao do Enem tradicional.

Datas do ProUni e Fies 2021 são incompatíveis com o Enem 2020

O Ministério da Educação (MEC) anunciou que o período de inscrições para o Programa Universidade para Todos (ProUni) e para o Fundo de Financiamento Estudantil (Fies) acontece em janeiro. Os editais ainda não foram disponibilizados.

Um dos critérios para a seleção e classificação dos candidatos são as notas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). Porém, de acordo com a União Brasileira dos Estudantes Secundaristas (Ubes), as datas de inscrição nos programas não batem com a divulgação dos resultados do Enem 2020.

De acordo com o cronograma divulgado pelo MEC, os candidatos podem se inscrever no ProUni 2021 de 12 a 15 de janeiro e no Fies 2021 de 26 a 29 de janeiro. As provas do Enem 2020 acontecem em janeiro e fevereiro de 2021.

Estão abertas as inscrições para privados de liberdade no Enem 2020

O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) abriu o período de inscrições para privados de liberdade no Enem 2020. As provas serão aplicadas nos dias 23 e 24 de fevereiro nas unidades prisionais e de cumprimento de medidas socioeducativas.

As inscrições precisam ser realizadas pelos responsáveis pedagógicos das unidades até o dia 11 de dezembro. O processo deve ser feito, exclusivamente, pelo site do Inep.

O resultado do seletivo será divulgado junto ao do Enem tradicional. Os responsáveis precisam conferir as notas e passá-las aos candidatos.

Inep divulga mais regras para evitar aglomerações no Enem

O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) divulgou uma série de novas regras para evitar a aglomeração de candidatos no Enem 2020.  Além das providências já anunciadas, como a disponibilização de álcool em gel e uso de máscara nos locais de prova, foram passadas novas informações.

De acordo com o Inep, o  Enem 2020 será aplicado dentro de 205 mil salas em 14 mil pontos de aplicação. No ano passado, foram 60 salas a menos em apenas 10 mil pontos de aplicação. 

Além disso, será reservada uma sala especial, com capacidade máxima de 12 pessoas,  para vestibulandos de grupos de risco. Esses candidatos já foram selecionados por meio das inscrições.

Estas medidas foram tomadas, por conta da pandemia do novo coronavírus. As provas do Enem 2020 serão aplicadas nos dias 17 e 24 de janeiro de 2021 (versão impressa). Já a versão digital, será realizada nos dias 31 de janeiro e 7 de fevereiro de 2021.

Edital Enem 2020 para privados de liberdade (PPL) é divulgado

Foi divulgado o Edital do Enem 2020 para Pessoas Privadas de Liberdade (PPL), pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisa (Inep). As provas serão aplicadas nos dias 23 e 24 de fevereiro, dentro das unidades prisionais selecionadas, cumprindo as medidas socioeducativas impostas pelo exame. 

Como escrito no documento, o período para inscrições vai do dia 30 de novembro até 11 de dezembro. O cadastro é gratuito, feito de forma on-line pelos encarregados dos setores pedagógicos das unidades prisionais ou socioeducativas.

Para que sejam escolhidas unidades de aplicação da prova, é necessário que os órgãos de administração prisional e socioeducativo encaminhem, por e-mail, um ofício que confirme a adesão com o Inep e indicando algum responsável pedagógico, entre os dias 16 e 27 de novembro.

Notícias Anteriores

SiSU e Prouni 2021.1 não exigirão nota do ENEM 2020

As notas do Enem 2020 não serão obrigatórias para os candidatos que se inscreverem no SiSU e no Prouni 2021.1. A medida foi assinada pelo Presidente Jair Bolsonaro e publicada no Diário Oficial da União.

A decisão busca favorecer os candidatos que não realizarão o Exame por conta da pandemia de COVID-19. O Ministério da Educação ainda não detalhou como será feita a seleção de candidatos pelo SiSU e pelo Prouni com as notas anteriores.

Enem 2020

Conforme anunciado pelo Ministério da Educação, as provas do Exame Nacional do Ensino Médio serão aplicadas no começo de 2021. Os 5,7 milhões de inscritos no Enem Impresso farão as provas nos dias 17 e 24 de janeiro, enquanto que os 96 mil inscritos no Enem Digital farão as provas nos dias 31 de janeiro e 7 de fevereiro. Os resultados finaisestão previstos para serem divulgados no dia 29 de março de 2021.

O INEP publicou em julho os protocolos de aplicação, levando em conta a situação da pandemia de Covid-19. Segundo os editais, o uso de máscaras de proteção é obrigatório durante a aplicação da prova. Além disso, se retirarem as máscaras durante a aplicação, estarão sujeitos à eliminação do Exame

Caso o candidato seja infectado pela Covid-19 próximo da data de aplicação do Exame, ele pode pedir para participar da reaplicação da prova, marcada para 24 e 25 de fevereiro. O candidato precisa informar sua condição na Página do Participante até um dia antes da aplicação das provas oficiais. A medida é válida para outras doenças infectocontagiosas listadas no Edital.

Para conferir as instruções na íntegra, acesse os Editais do ENEM Impresso e do ENEM Digital.

Ficou confuso com tanta informação? Não se preocupe, o Estratégia Vestibulares fez um webinário para te ajudar. Assista abaixo!

Cronograma Enem 2020 Impresso

  • Justificativa de ausência no Enem 2019: 06/04 à 17/04
  • Isenção de taxa: 06/04 à 17/04
  • Resultado da justificativa e solicitação da isenção: 24/04
  • Inscrição e isenção de taxa: 11/05 à 27/05
  • Pagamento da taxa de inscrição: 11/05 à 10/06
  • Aplicação das Provas: 17 e 24/01/2021

Cronograma Enem 2020 Digital

  • Justificativa de ausência no Enem 2019: 06/04 à 17/04
  • Isenção de taxa: 06/04 à 17/04
  • Resultado da justificativa e solicitação da isenção: 24/04
  • Inscrição e isenção de taxa: 11/05 à 27/05
  • Pagamento da taxa de inscrição: 11/05 à 10/06
  • Aplicação das provas: 31/01/2021 e 07/02/2021

A decisão de adiar a aplicação da prova do Enem foi anunciada pelo MEC, no dia 19 de maio, por conta da pressão do Congresso, das instituições de Ensino Superior e dos candidatos. O Estratégia Vestibulares também fez um webinário sobre as novas datas do ENEM 2020.

Segundo as informações publicadas no dia 23 de junho, no Portal do Inep, 5.783.357 pessoas tiveram suas inscrições confirmadas. Dessas, 96.086 vão participar do Enem Digital, a novidade deste ano.

Cerca de 95% das pré-inscrições foram confirmadas. Dentre os inscritos, 83% receberam a isenção do pagamento da taxa de R$ 85,00. Segundo os dados divulgados pelo Inep, os candidatos com idade inferior a 18 anos são a faixa etária que compõe a maioria no Exame (40,6% do total).

Conte com o Estratégia Vestibulares!

Quer saber mais sobre o ENEM? O Estratégia reuniu em um Guia tudo o que você precisa saber sobre o Exame! Além disso, também aplicamos Simulados para o ENEM aos fins de semana, fique atento à programação!

Quer um gás para passar no ENEM 2020? Então confere os cursos do Estratégia Vestibulares! Nossos alunos tem acesso a videoaulas e livros digitais, além de Fórum de Dúvidas, Salas VIP e outros benefícios exclusivos.

4 Shares:
Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você pode gostar também