Banner Artigo

Mim e me: qual a diferença e quando aplicar?

Data 04/02/2020

Mim ou me? Você provavelmente já teve dificuldades em saber quais desses dois termos utilizar na fala ou escrita. Saiba que não é o único. Muitos desconhecem a diferença entre mim e me. Há até quem confunda os casos em que devem dizer para mim ou pra eu.

Neste artigo, você vai saber empregar da maneira mais correta.

O que são os termos mim e me?

Os termos mim e me são pronomes pessoais oblíquos. Eles estão relacionados diretamente à 1ª Pessoa do Singular, nesse caso o EU. Eles assumem, portanto, funções bem diferentes nas orações, seja por objeto seja como complemento.

Vamos falar sobre o mim e me.

O que é o mim?

O mim é um pronome pessoal do caso oblíquo tônico, e é normalmente regido por uma preposição, entre elas a, para, de, sem, por… Dessa forma, na frase ele exerce a função de objeto indireto.

Ainda está difícil? Vamos ver alguns exemplos de mim e mim.

Exemplos do uso do mim

  • Ela gosta de mim.
  • Ele ajudou a mim.
  • Ele veio até mim.
  • Este livro é para mim.
  • Falaram para mim que ninguém viria.
  • Isso foi dado a mim e não a você.

Outros casos

É importante ressaltar, ainda, que o termo comigo é a forma em que o pronome oblíquo mim está aglutinado com a preposição com. Veja alguns exemplos:

  • Ele veio comigo.
  • Ela esteve comigo a noite toda.

Há ainda uma confusão entre o uso do mim com o pronome do caso reto eu. Veja alguns exemplos corriqueiros:

  • Este livro é para eu. ERRADO!
  • Este livro é para mim. CERTO!
  • Este livro é para eu ler. CERTO!
  • Este livro é para mim ler. ERRADO!

O que é o me?

Diferente do mim, o me é um pronome pessoal do caso oblíquo átono, está sempre associado a um verbo e pode assumir, portanto, a função de objeto direto ou indireto.

Ainda está difícil? Vamos ver alguns exemplos de mim e mim.

Exemplos do uso do me.

  • Ela me ama.
  • Meu pai veio me buscar.
  • Quando você for, me chama.
  • Telefoname, caso dê errado.
  • Espereme, preciso ir!
  • Preciso me empenhar.

CURSOS PARA VESTIBULAR

Leia mais…

Prof. Décio Terror

Prof. Décio Terror

Professor de Língua Portuguesa do Estratégia Enem e Estratégia Militares. Décio Terror Filho é formado em Letras pela Universidade Federal de Juiz de Fora-MG. Professor concursado na área federal, com especialização na didática, no ensino a distância e na produção de texto.

Deixe seu comentário!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você também pode gostar:
O princípio da indução finita ou simplesmente indução é um método matemático que pode ser
As palavras da língua portuguesa são divididas em dez classes, entre elas está o substantivo,
Conserto ou concerto? Qual a grafia certa da palavra: seria com C, ou com S?
A Universidade Estadual do Rio de Janeiro, UERJ, divulgou na noite de quarta-feira, 22 de
Vem novidade na edição do Exame Nacional do Ensino Médio, o Enem, em 2020. Pela

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *