Última atualizaçao em: 05 de Novembro de 2020, ás 16:57

Como interpretar textos em inglês de forma simples e objetiva? Certamente você já deve ter feito essa pergunta. Não existe fórmula mágica. Mas, saiba que existem diversas técnicas, como Scanning e Skimming, que ajudam na compreensão de textos sejam de língua inglesa ou qualquer outro idioma.

Com as técnicas que eu vou mostrar neste artigo, você vai conseguir extrair do texto o que há de essencial e de mais importante. Certamente vai te ajudar a entender do que se trata um texto. E não só isso: se estiver se preparando para alguma prova, como Vestibular e Concursos, vai poder responder às questões de forma mais segura.

Scanning e Skimming podem ser boas técnicas para isso. De fato, o realmente importa não é o nome da técnica a usar, mas se você tem o hábito de se concentrar em palavras-chaves. É preciso encontrar as ideias centrais do texto e não vai ficar difícil depois que você aprender as estratégias de leitura que trago nesta página.

O objetivo é viabilizar a sua leitura e o entendimento mesmo que você não conheça todas as palavras do texto que está lendo em Inglês. As duas técnicas mais conhecidas e classificadas como facilitadoras de uma leitura rápida, muitas vezes até chamada de leitura dinâmica, são o Scanning e o Skimming.

O que é Scanning?

O Scanning, de uma forma mais ampla, eu diria que é uma “varredura” do texto. O verbo “scan”, escanear, é examinar detalhadamente, codificar a mensagem das frases, selecionar o vocabulário necessário e encontrar detalhes relevantes à resposta.

É como se você fosse ler com atenção a primeira página de um jornal, fosse procurar uma palavra no dicionário ou pesquisar na internet um determinado assunto em busca de informações específicas, necessárias naquele momento, entre outros.

O que é Skimming?

Por sua vez, a técnica Skimming é uma estratégia que também ajuda a ler o texto mais rápido. Mas nesta técnica, você presta mais atenção ao layout do texto, título, subtítulo, cognatos, falsos cognatos, primeiras e/ou últimas linhas de cada parágrafo, informação não verbal (figuras, tirinhas, anúncios, gráficos, tabelas etc.)

Por exemplo, quando você espera para ser atendido em um consultório médico e fica folheando aleatoriamente uma revista, você está usando a técnica do Skimming.

ScanningSkimming
Vocabulary SelectivityFast reading
Keep an eye on the textConcentration / Focus
Cognats: helpersGeneral text idea
Specific detailsText goals
Visual contactSubject information

Em ambas técnicas, você vai, naturalmente, obtendo a ideia geral de cada texto, identificando o assunto e prevendo informações essenciais ao texto. No momento da prova do vestibular, você vai ler cuidadosamente todos os parágrafos, percebendo a função e razão de haver certas palavras destacadas, ou em caixa alta, em negrito ou em itálico etc.

A falta de vocabulário é considerada uma das causas para o atraso na leitura. Porém, ao perceber palavras desconhecidas, essas não devem ser encaradas como empecilhos, mas desafios: você vai procurar o sentido entre as palavras com as técnicas Scanning e Skimming.

Vejamos um texto chamado “A fuga dos tigres destemidos”, que criei co o intuito de testar a capacidade do leitor em entender palavras que não existem em nenhum idioma mas que, com o uso das técnicas Scanning e Skimming, você consegue extrair informações relevantes à compreensão do assunto e até informações específicas, quer ver?

Scanning e Skimming: let’s practice?

Leia o texto abaixo que foi redigido por mim, Teacher Andrea Belo…

A fuga dos tigres destemidos

Três tigres conseguiram fugir do kombetino. Assim que escaparam de lá, escolheram trokis diferentes para despistar os seus perseguidores logo que notassem o sumiço deles. Um dos tigres foi para uma floresta distante e os outros dois, ficaram por perto para utrestrir comida. O primeiro tigre, longe, ninguém o relinfeu. Os outros dois, foram capturados e voltaram para o kombetino. Após um mês, para tyfon geral, o outro tigre voltou magro e com fome. Foi preciso dar a ele muita drenta e logo, tudo voltou ao normal no kometino.

Lendo apenas uma vez, você entendeu esse texto? A história fez sentido, mesmo com palavras desconhecidas ao fazer uma leitura rápida. Se você prestou atenção, provavelmente atribuiu sentidos às palavras novas (kombetino: zoológico, trokis: caminhos, utrestir: procurar, relinfreu: encontrou, tyfon: surpresa, drenta: comida).

Essa é a “chave da questão” no dia do vestibular em relação à prova de língua inglesa – atribuir significado aos vocábulos que você não sabe. É conectando ideias e deduzindo o assunto, que se chega ao sentido geral e coloca você no caminho da resposta. O assunto foi identificado: a fuga dos tigres, que seguiram caminhos diferentes mas que, no final, retornaram ao zoológico.

No momento de resolver a prova de Inglês do vestibular, você também terá que fazer uma leitura para procurar algo particular. Um termo, um tempo verbal, algo sobre o título, sobre a fonte de referência etc. Daí você vai praticar a outra técnica, chamada Scanning – perceber algo característico, singular, exclusivo para responder uma determinada questão.

Suponhamos que a pergunta fosse “Para onde foram os tigres ao fugir do kombetino?” Você teria que voltar ao texto, ler mais uma vez para conferir e se certificar, mesmo que se lembrasse que um deles foi para uma floresta distante e outros dois ficaram por perto, não é verdade? Veja o texto novamente.

A fuga dos tigres destemidos

Três tigres conseguiram fugir do kombetino. Assim que escaparam de lá, escolheram trokis diferentes para despistar os seus perseguidores logo que notassem o sumiço deles. Um dos tigres foi para uma floresta distante e os outros dois, ficaram por perto para utrestrir comida. O primeiro tigre, longe, ninguém o relinfeu. Os outros dois, foram capturados e voltaram para o kombetino. Após um mês, para tyfon geral, o outro tigre voltou magro e com fome. Foi preciso dar a ele muita drenta e logo, tudo voltou ao normal no kometino.

Ao praticar o Scanning, você leu a informação contida no local em que está exatamente o que você precisa. Vamos à pergunta feita. A frase “Um dos tigres foi para…” já foi suficiente para encontrar a resposta desejada. Não é mesmo? A técnica leva você às respostas. Em qualquer leitura, sempre há “vestígios” que nos levam a perceber sobre o que estamos lendo. São indicativos do assunto com palavras particulares – para onde foram, após quanto tempo tudo voltou ao normal etc.

Ler textos presentes na prova de qualquer vestibular exige concentração, capacidade interpretativa e muita atenção. E, usando tais técnicas, sua compreensão do texto se torna mais ampla, já que você passa a identificas palavras-chave, que serão “guia” para encontrar as respostas das questões.

Alguns autores, além de escrever sobre Scanning, chamam essa técnica de Selectivity, por ser uma forma de leitura seletiva, já que selecionamos os trechos onde se deseja encontrar aquela determinada informação.

Eu, como professora de idiomas a muitos anos, uma educadora com orgulho em ensinar e proporcionar o caminho mais curto ao aprendizado, costumo dizer que, independente do nome que a técnica tenha, o que você precisa ter em mente que vai conseguir ler e compreender o texto em Inglês, tendo como ponto de partida identificar a parte essencial para encontrar o que se pede nos exercícios.

E, na minha opinião, você deve acelerar suas leituras pouco a pouco, tanto em textos curtos ou em textos maiores, fazendo um tipo de varredura com os olhos, fazendo com que o seu cérebro responda aos estímulos que você enviou, dando-lhes significados, ajudam a encontrar o sentido das frases dos textos e, consequentemente, encontrar as respostas certas.

Você estará, assim, ressaltando o que é mais ou o que é menos interessante em cada texto. O que é mais ou menos relevante. E assim, caminhar para as soluções das questões.

Scanning ou Skimming: qual técnica usar?

Na hora de sua prova, a escolha da estratégia de leitura deve estar de acordo com o objetivo de cada questão e suas possíveis alternativas. Escolhendo o Scanning, você sabe exatamente o que está procurando: informações específicas.

E, com o Skimming, há a observação das informações visuais que acompanham o texto (palavras destacadas, título, subtítulo, autor, fonte, data, layout do texto, tabelas, fotos, referências, enfim, aquela “leitura por cima””.

Deve-se, porém, lembrar-se de que as estratégias a usar, assim como qualquer outra, só funciona se você estiver concentrado durante a leitura e, é claro, além de atento aos detalhes do texto, não se esquecer, de praticar leituras variadas em seu dia-a-dia, em seu cotidiano.

Aprimorar os seus conhecimentos gerais, ler e pesquisar sobre curiosidades, fatos que estão acontecendo atualmente em nosso país e no mundo, ou seja – seu estudo constante de tudo e que abrange os conteúdos da prova do vestibular é essencial.

As técnicas – Skimming e Scanning – levam você, à compreensão geral – general comprehension. Identificadas as palavras ou ideias, verbos, adjetivos, uma afirmação, uma negação, junto aos seus conhecimentos, vai levar, automaticamente ao seu propósito = sua aprovação.

O objetivo de compreender os textos vai depender diretamente da sua capacidade em relacionar ideias, estabelecer referências e fazer deduções lógicas. Com a prática que estamos desenvolvendo nos exercícios, você vai, naturalmente, saber identificar palavras que sinalizam o que se pede na questão, percebendo os elementos que colaboram com a resposta correta.

Utilizando a técnica Scanning e também Skimming nas leituras, juntas na mesma questão, tem como objetivo ensinar você a deixar de lado aquele hábito de ler palavra por palavra, lembrar tudo o que sabe sobre o assunto e prestar atenção ao contexto em que as questões estão inseridas.

Veja o esquema abaixo:

scanning e skimming gráfico que mostra o esquema de como interpretar texto em inglês de forma simples

Viu como você deve “ler” a tudo com atenção? E, com o tempo, seu vocabulário vai se estender e ajudar você a ficar preparado para o dia do vestibular. Saber usar Skimming e Scanning é basicamente fazer uma leitura rápida, mas, não estamos falando de velocidade, e sim de atingir os objetivos esperados

Até porque, você pode voltar ao texto – quantas vezes quiser – e buscar novamente aquelas informações que você procura. É o exercício de identificar amplamente do que se trata o texto. É uma construção de conhecimento, com foco ao que realmente interessa, economizando tempo, valioso no dia do vestibular.

Além disso, a leitura de textos vai enriquecer o seu vocabulário, tanto para ensinar você a interpretar textos para o vestibular quanto se comunicar, escrever parágrafos e um dia, textos em Inglês. A principal vantagem dessas técnicas é que são um tipo de leitura dinâmica e ensinam você a reconhecer vocábulos inseridos dentro das frases.

Assim, você enxerga e compreende o assunto através dos blocos de palavras juntas. Seus olhos fazem “paradas” tão rápidas que não se percebe.

O caminho do sucesso é o estudo contínuo e persistência em aprender. Use e abuse do Scanning e Skimming. Aprimore vocabulário. Prepare-se com um bom material e, good luck!

Instagram: @teacherandreabelo

Facebook: Andrea Belo

CURSOS PARA VESTIBULAR

0 Shares:
Você pode gostar também