Última atualizaçao em: 05 de Novembro de 2020, ás 16:16

Olá, jovem! Tudo certo? A FUVEST, em seu vestibular edição 2019, utilizou os números de refugiados no mundo da Global Trends (2017) para ilustrar e contextualizar uma questão bem interessante na prova. Como bem sabemos, a temática tem sido pauta na mídia nacional e internacional, o que levantou intensos debates.

É tanto que muitos governos criaram ou reforçaram políticas públicas para proteção de refugiados e de populações deslocadas por guerras, conflitos e perseguições.

Muitas questões de prova, sejam elas de vestibulares próprios das instituições ou mesmo do Enem, exploram temáticas da atualidade para testar a análise dos candidatos.

Diante disso, entende-se a importância de acompanhar o noticiário e estar bem atualizado sobre os fatos que acontecem no Brasil e no mundo.

Por isso, escrevo este artigo para comentar um pouco sobre esse tema e como ele foi cobrado em questão de vestibular.

Vamos à questão?

Prova FUVEST 2019

Questão 09

A tabela mostra o número total de refugiados no mundo em 2017, segundo relatório do Alto Comissariado das Nações Unidas Para Refugiados (UNHCR ou ACNUR em português).

Sobre os refugiados e sua distribuição no mundo, é correto afirmar:

(A) Os provenientes do Sudão do Sul e da Somália são acolhidos na Turquia, onde encontram oferta de empregos nas atividades comerciais, tradição econômica do país, desde o século XVII.

(B) A maioria provém da África, devido aos processos de desertificação, e tem como destino o Oriente Médio e a Europa.

(C) O Irã recebe majoritariamente refugiados de países da África Subsaariana, dentre os quais se destacam o Sudão e o Sudão do Sul.

(D) Os de origem síria são a maior população nesta condição, e estão sendo acolhidos em vários países do Extremo Oriente e da África, os quais apoiam o governo sírio na guerra civil que ocorre nesse país desde 2011.

(E) São majoritariamente provenientes do Oriente Médio, África e Ásia, deslocam‐se, forçadamente, devido a longas guerras, em grande parte para países e/ou regiões fronteiriços.

Resolução Comentada

A alternativa A está incorreta, pois os refugiados do Sudão do Sul e da Somália são acolhidos nas regiões de fronteira. No caso do Sudão do Sul, os maiores destinos são Etiópia e Uganda e, para a Somália, são Quênia e Etiópia. Os refugiados representam um tipo de fluxo migratório considerado forçado, logo, não há um planejamento desse deslocamento, pois há urgência e busca da própria sobrevivência, tornando esses fluxos fronteiriços.

A alternativa B está incorreta, pois, no caso dos países Africanos, a desertificação não é o fator primordial para o deslocamento. A instabilidade civil e os conflitos internos são fatores importantes que produzem esses deslocamentos.

A alternativa C está incorreta, pois, em 2017, 3,34% da população do Irã era composta de imigrantes e a maior parcela deles era proveniente do Afeganistão, que não faz parte da África Subsaariana.

A alternativa D está incorreta, pois o caso da Síria é grave devido à guerra civil que ocorre no país. Os destinos dos sírios são: Turquia, Líbano, Jordânia, Arábia Saudita, Iraque e Egito. Todos esses destinos são fronteiriços e, exceto o Iraque, não são países que apoiam a guerra civil.

A alternativa E está correta, pois os países listados, Síria, Afeganistão e Sudão do Sul passaram/passam por instabilidades políticas e civis. Diante dessas instabilidades, as regiões de fronteira costumam ser as primeiras alternativas.

Sobre os países de destino, exceto a Alemanha que é um caso especial, a maioria é fronteiriço com algum dos países de origem. O caso da Alemanha é tido como exceção por ser o único país desenvolvido da Europa a adotar uma política oficial de acolhimento.

Esse conteúdo está na Aula 10 do Preparatório Intensivo

Gabarito: E

É isso, pessoal! Sigam-me nas redes sociais. Têm muitas dicas lá. Mande uma mensagem, caso tenha tido alguma dúvida. Abraços!

Instagram: @prof.sauloteruotakami

CURSOS PARA FUVEST

0 Shares:
Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você pode gostar também