A Epirogênese é um importante processo que ocorre na formação do relevo terrestre. Portanto, é fundamental para o seu vestibular, já que relevo é um assunto que cai com bastante frequência, principalmente nas bancas mais tradicionais. Então aproveite este material que o Estratégia Vestibulares preparou para você! 

O que é Epirogênese?

A Epirogênese é um tipo de movimentação de placas tectônicas que ocorre na direção vertical, podendo ser ascendente ou descendente. Abaixo, entenda como esse processo acontece e quais são suas características.  

Quando se origina?

Primeiro, saiba que a forma terrestre está em constante mudança desde as mais antigas eras geológicas, e os responsáveis por essas transformações são os chamados “agentes do relevo”. 

Esses agentes são divididos em dois tipos: 

  • Agentes endógenos ou forças de construção: atuam na porção interna da Terra e estão relacionados com a dinâmica da movimentação de placas, como o tectonismo; e 
  • Agentes exógenos ou forças de modelagem: atuam na superfície do planeta e são exemplos o vento e a chuva. 

A Epirogênese é considerada um agente endógeno, ou seja, atua na movimentação tectônica. 

O que é Epirogênese

O que são os movimentos dela?

A Epirogenia é a movimentação vertical das placas tectônicas que estão sobre o fluido magmático.

Esses movimentos podem ser de dois tipos: 

  • Descendente: ocorre o rebaixamento daquela porção de terra; e
  • Ascendente: ocorre quando uma parte da superfície, rebaixada ou não, eleva-se.

Mas lembre-se que a Epirogênese se trata de um processo lento, e é percebida e contabilizada em eras geológicas. Vale ressaltar que existem dois tipos de placas tectônicas, que podem ser continentais ou oceânicas a depender da localização no globo terrestre.

Qual a diferença entre Orogênese e Epirogênese?

Primeiro, é importante saber o que é a Orogênese e, assim, a diferença entre os dois movimentos ficará mais clara! 

A Orogênese também é um agente interno do relevo. Contudo, se trata da movimentação horizontal das placas tectônicas, sendo responsável pelo surgimento de falhas geológicas. Assim como dividimos a Epirogênese, a Orogenia pode ocorrer de três maneiras:

  • Movimento convergente: diz respeito à colisão de duas placas tectônicas, que podem se dividir entre colisões: oceânica-continental, oceânica-oceânica e continental-continental, a depender do tipo de placa que se chocou, formando dobramentos e cordilheiras;
  • Movimento divergente: está relacionado à separação de duas placas tectônicas, formando cordilheiras submarinas; e 
  • Movimento transformante: ocorre quando placas deslizam tangencialmente, ou seja, uma ao lado da outra. 

É importante lembrar também que a Orogênese é responsável pela formação de grandes cadeias montanhosas, uma vez que o magma pode escapar para a superfície e solidificar por decorrência desses movimentos. Mas não esqueça que também se trata de um processo lento

Portanto, em síntese, a Epirogênese é o movimento vertical, enquanto a Orogênese é o movimento horizontal das placas! 

Dica da coruja: é possível fazer a associação do som da letra “O” em “Orogênese” com o som da primeira sílaba “ho” em “horizontal”. Assim, você vai memorizar mais facilmente o que é a Orogênese e vai lembrar que a Epirogênese é o movimento contrário! 

Qual a diferença entre Orogênese e Epirogênese?

Epirogênese nos vestibulares

Relevo é um assunto que sempre aparece nos principais vestibulares do Brasil, então venha resolver essa questão com a coruja e descubra como o assunto pode ser cobrado:

(UNIOESTE/2012)

“A Terra é um sistema vivo […]. Montanhas e oceanos nascem, crescem e desaparecem, num processo dinâmico. Enquanto os vulcões e os processos orogênicos trazem novas rochas à superfície, os materiais são intemperizados e mobilizados pela ação dos ventos, das águas e das geleiras. Os rios mudam seus cursos e os fenômenos climáticos alteram periodicamente as condições de vida e o balanço entre as espécies”. TAIOLI, F. e CORDANI, U.G. A Terra, a Humanidade e o Desenvolvimento Sustentável. In: TEIXEIRA, Wilson et al. (org.). Decifrando a Terra. São Paulo 1a ed., Oficina de Textos, 2001, p.518.

Sobre a dinâmica interna da Terra, o tectonismo e os reflexos externos dessa dinâmica, assinale a alternativa INCORRETA.

a) Os movimentos das placas tectônicas são responsáveis pelos agentes modificadores do relevo originados do interior da Terra, como o tectonismo. A maior parte da atividade tectônica ocorre nos limites das placas, isto é, no ponto em que elas interagem.

b) O tectonismo compreende os movimentos que deslocam e deformam as rochas que constituem a crosta terrestre. Esses movimentos podem ser verticais ou epirogênicos, ocorrendo lentamente em áreas geologicamente mais estáveis e horizontais ou orogênicos, que têm pequena duração no tempo geológico e dão origem às montanhas.

c) O terremoto resulta do movimento tectônico que, quando ocorre no fundo do oceano, pode desencadear um fenômeno natural denominado tsunami ou maremoto. Esse tipo de movimento tectônico ocorre em regiões de contato entre as placas tectônicas que se chocam e onde as placas oceânicas mergulham sob as placas continentais.

d) O tsunami é uma onda gigante, associada ao deslocamento de algo sólido nos oceanos, como placas tectônicas, erupções subaquáticas ou à queda de meteoros. À medida que se aproxima da terra, com o aumento da profundidade do mar na plataforma continental, a onda perde velocidade e aumenta sua altura, invade o continente, destruindo e construindo novas formas.

e) Os movimentos orogenéticos formaram as grandes cadeias montanhosas, por meio do soerguimento de extensas partes da crosta como, por exemplo, a Cordilheira dos Andes na América do Sul.

Gabarito: Alternativa D

Gostou do conteúdo que o Estratégia Vestibulares preparou para você gabaritar a prova de geografia do seu vestibular? Então não perca nossos próximos artigos! Além disso, aproveite para conhecer nossos cursos pensados para que você alcance seu sonho de entrar na universidade. Clique no banner abaixo e confira!

Banner Estratégia Vestibular
0 Shares:
Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você pode gostar também