Banner Artigo

Gabarito UEL 2020 – Biologia – Resolução Comentada

Data 23/10/2019

Categorias Estratégia Resolve

A prova da UEL 2020 teve como tema “Museu”. Assim, todas as disciplinas tiveram suas questões relacionadas a ele de alguma forma. Nas questões referentes à Biologia, esse tema, como era de se esperar, veio acompanhado de muita Evolução e assuntos correlatos, como taxonomia, sistemática e biologia comparada.

Foi uma prova com questões de nível médio, que poderiam se tornar um empecilho caso o candidato não se lembrasse de alguns detalhes, pois algumas vezes foram cobradas minúcias. Abaixo, segue a resolução das questões de Biologia da prova. 😉

UEL 2020

Questão 17

No dia 25 de janeiro de 2019, ocorreu o rompimento da barragem da mina do Córrego do Feijão, localizado geograficamente na região metropolitana de Belo Horizonte, resultando no maior desastre com rejeitos de mineração e vítimas fatais, até então, registrado no Brasil.

Sobre os impactos socioambientais desse desastre, assinale a alternativa correta.

a) A lama que cobriu a bacia hidrográfica do rio Paraopeba, rica em matéria orgânica, ajuda no crescimento de espécies vegetais aquáticas, o que contribui para a recuperação do ecossistema da área atingida.

b) O rompimento da barragem poderia ter sido evitado se o sistema de alerta utilizado pela empresa responsável tivesse funcionado, avisando a população da área a montante.

c) Os rejeitos de mineração provocaram a mutação em diversas espécies da fauna que habitam a bacia do rio Paraopeba, tornando-as resistentes a esse tipo de material.

d) O rio Paraopeba pode ser recuperado utilizando-se medidas como o desassoreamento do leito e a biorremediação, mesmo sabendo que a recomposição da fauna e da flora será lenta.

e) O ciclo de vetores, responsável pela disseminação de doenças foi pouco alterado, o que, para a população, é benéfico, pois impossibilita o surto de doenças como a dengue e a febre amarela.

Resolução Comentada

  • A alternativa A está errada, porque a lama que cobriu a bacia não é rica em matéria orgânica e prejudica a respiração e a fotossíntese das espécies vegetais aquáticas.
  • A alternativa B está errada, porque caso o alarme tivesse funcionado, a área poderia ter sido evacuada, mas isso não impediria o rompimento da barragem nem os impactos ambientais decorrentes dele.
  • A alternativa C está errada, porque os efeitos de uma mutação não são percebidos de imediato na mesma geração em que ela ocorre. Essa afirmação só seria possível analisando as próximas gerações das espécies da fauna local.
  • A alternativa D está certa.
  • A alternativa E está errada, porque o acúmulo de água decorrente do rompimento da barragem viabiliza o aumento dos insetos vetores de inúmeras doenças, entre elas a dengue e a febre amarela, transmitidas pelo Aedes aegypti.

Gabarito: D.

Analise a figura 3 a seguir e responda à questão 21.

Questão 21

Dentre vários elementos visuais, pode-se observar, na figura 3, uma árvore adulta com todas as suas partes em evidência. Em geral, o controle do desenvolvimentodas plantas ocorre por meio de substâncias orgânicas,denominadas fitormônios ou hormônios vegetais.Com base nos conhecimentos sobre as funções e oslocais de produção e de atuação dos hormônios vegetais, assinale a alternativa correta.

a) O etileno estimula o amadurecimento de frutos, atua na queda natural de folhas e frutos e é produzido nas mais diversas partes da planta.

b) A citocinina estimula o alongamento celular, atua na dominância apical e no desenvolvimento dos frutos e é produzida em sementes em desenvolvimento, no meristema apical do caule e em folhas jovens e frutos.

c) A quitinase, produzida em diferentes partes da planta, promove a germinação de sementes, o desenvolvimento de brotos e frutos, estimula a floração e o alongamento do caule e das folhas.

d) A giberelina estimula as divisões celulares, o desenvolvimento das gemas, participa da diferenciação dos tecidos, retarda o envelhecimento dos órgãos e tem a sua produção concentrada nas folhas.

e) A quinase promove a dormência de gemas e de sementes, induz o envelhecimento de folhas, flores e frutos, induz o fechamento dos estômatos e é produzida nas gemas apicais da raiz.

Resolução Comentada

  • A alternativa A está certa.
  • A alternativa B está errada, porque a citocinina estimula a divisão e diferenciação celulares, a diferenciação o crescimento de raízes, o desenvolvimento de gemas laterais e retarda o envelhecimento. A descrição refere-se à giberelina.
  • A alternativa C está errada, porque a quitinase é uma enzima inibidora da quitina, não existente em mamíferos, apenas em fungos, parasitas, aracnídeos e insetos.
  • A alternativa D está errada, porque a giberelina está associada ao alongamento e divisão celulares. A descrição refere-se à citocinina.
  • A alternativa E está errada, porque quinases são enzimas que catalisam a fosforilação de proteínas através da transferência de um grupo fosforila de ATP e, em casos excepcionais, de GTP.

Gabarito: A.

Questão 32

A idade da Terra é estimada em 4,6 bilhões de anos. Otempo geológico, que compreende da origem da Terraaos dias atuais é dividido em intervalos conhecidoscomo eras geológicas e, estas, em períodos. A históriada evolução da vida é inseparável da história geológicada Terra e foi a interação entre elas que levou às condições e às formas de vida existentes na atualidade.

Com base nos conhecimentos sobre os eventos biológicos durante o tempo geológico, relacione o período geológico, na coluna da esquerda, com os eventos biológicos, na coluna da direita.

Coluna da esquerda

(I) Permiano

(II) Triássico

(III) Cambriano

(IV) Terciário

(V) Devoniano

Coluna da direita

(A) Diversificação das plantas angiospermas

(B) Aparecimento de mamíferos

(C) Diversificação dos répteis

(D) Aparecimento dos insetos

(E) Aparecimento dos primeiros animais dotados de esqueleto

Assinale a alternativa que contém a associação correta.

a) I-A, II-C, III-D, IV-B, V-E.

b) I-B, II-A, III-E, IV-C, V-D.

c) I-B, II-E, III-D, IV-A, V-C.

d) I-C, II-A, III-B, IV-D, V-E.

e) I-C, II-B, III-E, IV-A, V-D.

Resolução Comentada

  • No início Permiano (I) (299 milhões de anos atrás) ocorreu a diversificação dos répteis e, posteriormente, a maior extinção em massa da história.
  • No Triássico (II) (250maa) ocorreu o aparecimento dos primeiros mamíferos e dos primeiros dinossauros.
  • No Cambriano (III) (540maa) ocorreu o aparecimento dos primeiros peixes e dos primeiros corados.
  • No Terciário (IV) (65 maa) ocorreu o aumento da diversidade de mamíferos e das plantas com flores (angiospermas).
  • No Devoniano (V) (416 maa) ocorreu o aumento da diversidade de peixes e o aparecimento dos insetos e dos primeiros tetrápodes (anfíbios).

Assim, a associação correta é: I-C, II-B, III-E, IV-A e V-D.

Gabarito: E.

Questão 40

Uma característica fundamental do plano corpóreo deum animal é sua forma geral e um aspecto básico dessaforma é a simetria. O termo simetria refere-se ao arranjo regular das estruturas corporais em relação aoeixo do corpo. Os animais que podem ser divididos aolongo de ao menos um plano, de modo que as metadesresultantes sejam semelhantes entre si, são conhecidos como simétricos.Com base nas informações apresentadas, considere asafirmativas a seguir.

I. Um corpo com simetria bilateral tem a forma geralde um cilindro, com um eixo principal ao redor doqual as diversas partes do corpo estão dispostas.

II. Na simetria bilateral, um lado do corpo difere dooutro por uma escala distinta de 1, fazendo comque as áreas, em cada lado, se alterem nessamesma escala.

III. É vantajoso para um animal com simetria radial,pelo seu estilo de vida, ser capaz de interagir como ambiente igualmente a partir de várias direções.

IV. O volume do corpo de um animal, que admite simetria bilateral exata, é igual ao dobro do volumede qualquer um de seus dois lados.

Assinale a alternativa correta.

a) Somente as afirmativas I e II são corretas.

b) Somente as afirmativas I e IV são corretas.

c) Somente as afirmativas III e IV são corretas.

d) Somente as afirmativas I, II e III são corretas.

e) Somente as afirmativas II, III e IV são corretas.

Resolução Comentada

  • A afirmativa I está errada, porque o formato cilíndrico é associado à simetria radial, como a dos ouriços-do-mar.
  • A afirmativa II está errada, porque na simetria bilateral, os lados direito e esquerdo do corpo de um animal aproximam-se de imagens espelhadas. Essa característica é relacionada à cefalização dos animais.
  • A afirmativa III está certa.
  • A afirmativa IV está certa.
  • Assim, a alternativa C está certa.

Gabarito: C

Questão 41

Além da simetria, os tecidos embrionários e a origem das cavidades corporais podem auxiliar na compreensão das principais relações evolutivas existentes entre os diferentes grupos animais.

Com base nos conhecimentos sobre as tendências evolutivas nos grupos animais, assinale a alternativa correta.

a) Uma das principais vantagens da organização segmentada da musculatura, chamada de metameria, é a de conferir aos animais que a possuem uma versatilidade muito grande na movimentação corporal.

b) Na maioria dos animais que compõem o grupo dos poríferos, o celoma, tecido de origem endodérmica, reveste a superfície corporal, conferindo uma adaptação evolutiva em ambientes com pouca disponibilidade de água.

c) Com base na presença e no tipo de cavidade corporal, os animais diblásticos podem ser classificados em protostômios, por possuírem sistema digestório completo, e deuterostômios, nos quais o mesmo sistema é incompleto.

d) As esponjas são animais filtradores que captam partículas alimentares da água por meio das células flageladas que as conduzem para a boca, indicando, em termos evolutivos, que esses animais possuem tecidos corporais e um sistema digestório incompleto.

e) As anêmonas, por serem triblásticos, apresentam na escala evolutiva zoológica um sistema digestório completo, ou seja, uma abertura por onde o alimento entra e outra por onde saem os resíduos da digestão.

Resolução Comentada

  • A alternativa A está certa.
  • A alternativa B está errada, porque os poríferos são animais assimétricos e acelomados, que sequer apresentam tecidos verdadeiros.
  • A alternativa C está errada, porque os animais protostômios são triblásticos, englobando os lofotrocozoários (platelmintos + moluscos + anelídeos, dentre outros) e os ecdisozoários (nematódeos + artrópodes, dentre outros). Os únicos animais diblásticos são os Cnidários.
  • A alternativa D está errada, porque as esponjas são animais filtradores que fagocitam as partículas em suspensão na água pelas microvilosidades presentes no colarinho dos coanócitos, onde a digestão é realizada. Os arqueócitos recebem as vesículas fagocíticas com alimento e distribuem para todo o corpo. A água, por sua vez, é conduzida para o interior do átrio e eliminada pelo ósculo.
  • A alternativa E está errada, porque anêmonas são animais cnidários e, portanto, diblásticas, ou seja, com apenas dois folhetos embrionários: a ectoderme e a gastroderme.

Gabarito: A.

Analise a figura 4 a seguir e responda às questões 46 e 47.

Questão 46

A frase “Vida é Código e Combinação”, destacada emuma das Exposições no Museu do Amanhã no Rio deJaneiro, resume muito bem a “vida” do ponto de vistacientífico. Durante a evolução química, compostos simples se combinaram em face de suas reatividades químicas e das condições adequadas para formar moléculas mais complexas e polímeros, levando à formaçãodos primeiros micro-organismos.

Com base nas combinações de substâncias químicas eseus efeitos na manutenção da vida, considere as afirmativas a seguir.

I. A síntese de proteínas ocorre por meio de reaçãode adição entre aminoácidos que possuem grupofuncional amida, formando ligação peptídica.

II. A estrutura do RNA, quando comparada à do DNA,é formada por duas cadeias de proteínas, desoxirriboses e por moléculas de uracila, em vez de timina.

III. A hemoglobina é um complexo metálico que contém cátion ferro coordenado com átomos de nitrogênio. Nesse caso, os átomos de nitrogêniosão considerados base de Lewis, e o cátion ferro,ácido de Lewis.

IV. A sequência de nucleotídeos do DNA, em linhasgerais, determina a sequência de nucleotídeos doRNA que, por sua vez, especifica a ordem dos aminoácidos em uma proteína.

Assinale a alternativa correta.

a) Somente as afirmativas I e II são corretas.

b) Somente as afirmativas I e IV são corretas.

c) Somente as afirmativas III e IV são corretas.

d) Somente as afirmativas I, II e III são corretas.

e) Somente as afirmativas II, III e IV são corretas.

Resolução Comentada

  • A afirmativa I está errada, porque a síntese e proteínas se dá a partir dos processos de transcrição do DNA e tradução do RNAm formado em proteínas.
  • A afirmativa II está errada, porque o RNA é um ácido nucleico que apresenta apenas uma cadeia helicoidal, com a base uracila substituindo a base timina. Diferentemente, o DNA apresenta duas cadeias helicoidais e não possui base uracila.
  • A afirmativa III está certa. Lewis determina que bases são espécies doadoras de elétrons, enquanto ácidos são espécies receptoras de elétrons. Como o nitrogênio possui um par de elétrons sobrando, ele os doa para o ferro funcionando como uma base de Lewis. Ao mesmo tempo, o ferro é um cátion e recebe esses elétrons, funcionando como um ácido de Lewis.
  • A afirmativa IV está certa. A informação genética contida no DNA é determinante no RNA que será transcrito, que por sua vez influencia na sequência de aminoácidos que formará a proteína.
  • Assim, a alternativa C está certa.

Gabarito: C

Questão 50

As primeiras tentativas de classificar os organismos com base em suas similaridades estruturais começaram na Grécia Antiga e lançaram as bases da Sistemática atual. Sobre a classificação biológica e as categorias taxonômicas, assinale a alternativa correta.

a) Entre os estudiosos da classificação natural, Aristóteles sugeriu que o nome científico de todo animal deveria ser composto de duas palavras.

b) Uma característica derivada, compartilhada por dois ou mais táxons e por seu ancestral comum mais recente, é denominada plesiomorfia.

c) Dois organismos classificados como pertencentes à categoria taxonômica de ordem pertencem também à mesma classe.

d) O primeiro a desenvolver um método de classificação das espécies baseado na ancestralidade evolutiva foi o naturalista sueco Carl Linné.

e) Anisocerus scopifer e Onychocerus scopifer são duas espécies que pertencem à mesma categoria taxonômica de gênero.

Resolução Comentada

  • A alternativa A está errada, porque essa sugestão de nomenclatura binominal foi dada por Lineu, o pai da classificação biológica.
  • A alternativa B está errada, porque características derivadas compartilhadas por dois ou mais táxons são denominadas sinapomorfias.
  • A alternativa C está certa. Segundo a classificação lineana, temos a seguinte hierarquia: Reino>Filo>Classe>Ordem>Família>Gênero>Espécie.
  • A alternativa D está errada, porque a classificação de Lineu não considera a ancestralidade dos organismos. O primeiro a sugerir essa ideia foi Darwin.
  • A alternativa E está errada, porque o gênero dessas espécies, Anisocerus e Onychocerus, são diferentes.

Gabarito: C.

Questão 55

A mumificação pode ocorrer por processos artificiais ou naturais. No primeiro caso, são retiradas as vísceras e o corpo é embebido em substâncias que podem preservá-lo ao longo do tempo. No segundo, por exemplo, por motivos climáticos, a decomposição do cadáver ocorre parcial ou lentamente, de modo que, nas partes decompostas, ocorre transferência de energia pela ação de agentes decompositores. Com base nos conhecimentos sobre transferência de energia entre diferentes níveis tróficos, assinale a alternativa correta.

a) Os primeiros componentes da cadeia alimentar são os consumidores, que, por possuírem muita energia armazenada, transferem a biomassa necessária para os demais seres vivos do próximo nível trófico.

b) A luminosidade do sol é convertida em energia e entra na biosfera por meio dos seres decompositores, os quais, durante os processos de decomposição, reciclam moléculas orgânicas em compostos inorgânicos (H2O, O2 e CO2).

c) Quanto mais níveis tróficos uma cadeia alimentar possuir, menor será a sua dissipação energética, uma vez que as menores perdas de energia ocorrem quando a matéria orgânica é transferida de um nível trófico para outro.

d) A porcentagem de energia efetivamente transferida de um nível trófico para o nível seguinte varia de acordo com os organismos envolvidos na cadeia, situando-se entre 5% e 20%.

e) No nível dos consumidores terciários, exemplificado por um herbívoro, considera-se a produtividade primária líquida como a quantidade total de biomassa que esse animal, efetivamente, absorve dos alimentos que ingere.

Resolução Comentada

  • A alternativa A está errada, porque os primeiros componentes da cadeia alimentar são os produtores, isto é, os organismos autotróficos que geram a energia.
  • A alternativa B está errada, porque a luminosidade do Sol é convertida em energia química e entra na biosfera por ação dos produtores, na fotossíntese.
  • A alternativa C está errada, porque quanto maior a quantidade de níveis tróficos em uma cadeia alimentar, maior é a dissipação de energia. Por isso dificilmente vemos cadeias alimentares com mais que 4 ou 5 níveis tróficos.
  • A alternativa D está certa.
  • A alternativa E está errada, porque consumidores herbívoros são sempre primários e ocupam o segundo nível trófico, pois alimentam-se dos produtores.

Gabarito: D.

Com relação à evolução humana, algumas espécies de hominídeos que precederam o Homo sapiens, estão relacionadas a seguir.

I. Homo habilis

II. Australopithecus afarensis

III. Homo erectus

IV. Australopithecus ramidus

V. Paranthropus robustus

Assinale a alternativa que apresenta, corretamente, a ordem cronológica, da mais antiga para a mais recente, em que essas espécies surgiram.

a) II, IV, V, III, I.

b) IV, II, V, I, III.

c) IV, II, V, III, I.

d) V, II, IV, III, I.

e) V, IV, III, II, I.

Resolução Comentada

A linhagem mais antiga de hominídeos conhecida é dos Australopithecus. Dentre eles, até recentemente considerava-se o A. afarensis como o ancestral mais antigo.

No entanto, descobertas fósseis apontam que o mais antigo ancestral dos homens seja Ardiphitecus ramidus, que viveu na Europa entre 5,5 e 4,5 milhões de anos atrás. Vale notar que o Ardiphitecus representa, portanto, um gênero possivelmente ancestral dos Australopithecus e a questão o trata como Australopithecus ramidus.

O Paranthropus robustus é um primata que viveu há aproximadamente 2,6 a 1 milhões de anos atrás, durante o Plioceno e o Pleistoceno na África.

Essa espécie antes era considerada pertencente ao gênero Autralopithecus, no entanto, foi diferenciada em novo gênero devido ao desenvolvimento nos atributos cranianos das espécies que o compunham, entre elas o P. robustos, indicando um complexo de mastigação pesado, diferente dos australopitecíneos. 

Dentro do gênero Homo, surgido há 2,6 milhões de anos, a espécie mais antiga é a Homo habilis, pois há indícios que essa espécie apresentava maior destreza nas atividades manuais em relação aos australopitecíneos.

Por fim, a espécie Homo erectus é a mais recente dentre as citadas e estima-se que os seus indivíduos tenham vivido até 27 mil anos atrás, coexistindo com os H. neanderthais e os H. sapiens.

Assim, a alternativa B está certa.

Gabarito: B.

É isso, pessoal! Espero que tenham curtido a resolução da prova de Biologia do vestibular UEL 2020. Sigam-me nas redes sociais. Têm muitas dicas lá. Mande uma mensagem, caso tenha tido alguma dúvida. Qualquer dúvida, entre em contato conosco através do nosso Fórum de Dúvidas ou das redes sociais.

Abraços, Professora Bruna Klassa e Professora Carol Negrin.

Instagram: @profbrunaklassa

Instagram: @carolnegrin

Leia mais…

Prof. Bruna Klassa

Prof. Bruna Klassa

Graduada em Biologia pela Universidade Estadual de São Paulo, Unesp. Especialista em Evolução, Sistemática, Biogeografia e Conservação Ambiental, é também Mestra e Doutora em Biologia pela Universidade Federal do ABC.

Deixe seu comentário!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você também pode gostar:
Olá, vestibulando(a)! Tudo bem com você? Espero que sim. Sou a prof. Bruna Klassa, professora
Olá, vestibulando(a)! Tudo bem com você? Espero que sim. Estou passando aqui para comentar a
Olá, pessoal… Tudo bem? Sou o prof. Marco Túlio, do Estratégia Vestibulares, e escrevo este
Olá, vestibulando(a)! Tudo bem com você? Espero que sim. Estou passando aqui para comentar a
Olá, pessoal. Tudo bem? Sou a prof. Carol Negrin e escrevo este artigo para resolver

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *