O entendimento do conceito e a aplicação prática da velocidade escalar são as bases da física clássica, englobando todo o conteúdo da cinemática e seus derivados. Portanto, o assunto é importantíssimo para o seu vestibular! Então não perca essa super revisão que a Estratégia Vestibulares preparou para lhe ajudar!

O que é a velocidade escalar?

Primeiro, para compreender esse assunto, é preciso conhecer a definição de grandeza e as diferenças entre escalares e vetoriais.

Grandeza nada mais é que qualquer elemento, que possa ser medido! Para padronizar essas medições, a comunidade científica estabeleceu unidades básicas contempladas pelo Sistema Internacional de Medidas, ou, simplesmente, SI.

As grandezas escalares são aquelas que apenas o valor numérico é suficiente para resolver o problema em questão. Na linguagem física, define-se que o módulo (valor) basta para determinar a grandeza. Em contrapartida, nas grandezas vetoriais somente o módulo não é capaz de satisfazer a resolução, sendo necessário, também, a direção e o sentido do que está sendo medido.

É importante ressaltar que a direção pode variar entre vertical, horizontal e diagonal, enquanto o sentido seria “da esquerda para a direita” ou de “de cima para baixo”, por exemplo. 

Agora que estão claras as diferenças entre os tipos de grandeza, é possível perceber que para responder uma questão sobre velocidade escalar somente o valor numérico é necessário. 

Como calcular a velocidade média?

O cálculo da velocidade é algo simples e fácil de ser compreendido, já que pode ser associado ao conceito de “rapidez”. Logo, se eu quiser calcular a velocidade de um carro, ou, “o quão rápido” ele percorreu determinada pista, simplesmente devo dividir o comprimento dessa pista pelo tempo necessário para percorrê-la.

Assim,  descreve-se a velocidade como sendo a razão entre a distância percorrida em um determinado intervalo de tempo. 

Sobre as unidades de medida: para o SI, a unidade padrão para a velocidade é o metro por segundo, m/s. Contudo, é comum que apareçam outras unidades em provas, como o quilômetro por hora, km/h, ou o centímetro por segundo, cm/s, mas não se preocupe, basta lembrar da seguinte relação:

1 quilômetro equivale a 1.000 metros

1 metro equivale a 100 centímetros

1 hora tem 60 minutos e 1 minuto tem 60 segundos

Sabendo disso, basta substituir e converter na hora de resolver a questão!

Como calcular a velocidade escalar média?

Qual a fórmula?

Como vimos que a velocidade é calculada pela razão entre distância e tempo, sendo que uma razão nada mais é que uma divisão, conclui-se que a fórmula da velocidade média é a distância (S) dividida pelo tempo (t):

v= ΔS ÷ Δt

Importante: Para a física, a letra grega Delta (Δ) indica variação, ou seja, o valor final subtraído pelo inicial.

Exemplo: Se um carro está parado no marco 20 km de uma estrada e vai até o marco 90 km da mesma estrada, seu ΔS vai ser a distância final (90 km) menos a distância inicial (20 km), resultando em uma variação do espaço de 70 km.

Já para a variação do tempo, vamos supor que esse carro saiu às 11h do marco 20 km e chegou às 21h no marco 90 km. Dessa forma, seu tempo resultante seria de 21 subtraído por 11, resultando em 10 horas de viagem.

Uma vez calculada a distância e o tempo gasto, é possível aplicar a fórmula da velocidade, sendo  v = ΔS ÷ ΔT → v = 70 ÷ 10 → v= 7km/h 

Qual a fórmula da velocidade escalar média?

Qual a diferença entre velocidade escalar e velocidade média?

Tanto a velocidade escalar quanto a velocidade média são calculadas pela mesma fórmula de espaço dividido pelo tempo.

Porém, ao utilizar os conceitos das grandezas escalares e vetoriais, é possível entender que a velocidade escalar é aquela que necessita apenas do módulo, enquanto a velocidade média seria a interpretação vetorial da grandeza.

No entanto, muitas bancas e autores acabam considerando como sinônimas, o que pode gerar confusão na cabeça do aluno. Mas você, que acompanha o blog da Estratégia Vestibulares, pode ficar tranquilo! O comando da questão vai deixar claro se é preciso responder a direção e o sentido.

Exemplo: Se a questão afirma que um carro percorre uma estrada retilínea em um dado tempo, e pede a velocidade, trata-se da grandeza escalar, uma vez que já foi informado sobre a estrada e não interessa para o problema para onde o carro está indo.

Em contrapartida, se for afirmado que um barco está se deslocando em um rio, é importante saber se está indo em direção à margem, ao curso do rio, contracorrente ou a favor, e assim por diante!

Então é só seguir o comando da questão, saber interpretá-la e lembrar da equação da velocidade!

Lembre-se de que algumas questões podem fornecer a velocidade e pedir o espaço ou o tempo.

Exercícios sobre velocidade escalar

  1. (2008/FUVEST/1ª FASE) Dirigindo-se a uma cidade próxima, por uma autoestrada plana, um motorista estima seu tempo de viagem, considerando que consiga manter uma velocidade média de 90𝑘𝑚/ℎ. Ao ser surpreendido pela chuva, decide reduzir sua velocidade média para 60𝐾𝑚/ℎ, permanecendo assim até a chuva parar, quinze minutos mais tarde, quando retoma sua velocidade média inicial. Essa redução temporária aumenta seu tempo de viagem, com relação à estimativa inicial, em:

a) 5 min 
b) 7,5 min
c) 10 min 
d) 15 min 
e) 30 min

Gabarito A

Agora que você já sabe o que é velocidade escalar, não deixe de acompanhar os próximos artigos da Estratégia Vestibulares diariamente, com eles, você aprende conteúdos que podem estar no vestibular!

banco de questões estratégia vestibulares
Você pode gostar também
Leia mais

Como Calorimetria cai no Enem

As dinâmicas de energia, as trocas de calor e os equilíbrios térmicos influenciam no cotidiano de todos os…
Leia mais

O que cai sobre Magnetismo no Enem

A atração magnética faz parte de muitas ferramentas presentes no cotidiano. A bússola, as portas de geladeira, os…