E aí, estrategista, sabia que a nota do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) é calculada de forma diferente que a maioria dos vestibulares? Dessa maneira, o Estratégia Vestibulares preparou esse artigo explicando tudo sobre o modelo de correção do Enem.

Como é a prova do Enem?

As provas, aplicadas em dois domingos consecutivos, contam com 180 questões, além da redação dissertativa-argumentativa, presente apenas no primeiro dia de exame. Com duração de 5 horas e 30 minutos, os candidatos respondem à prova do primeiro dia entre 13h30 e 19h00. Já no segundo domingo, a prova tem duração de 5 horas, sendo respondida das 13h30 às 18h30.

Primeiro dia

  • 45 questões de Linguagens, Códigos e suas tecnologias: Espanhol, Inglês, Literatura e;
  • 45 questões de Ciências Humanas e suas tecnologias: Filosofia, Geografia, História, Sociologia; e
  • 1 redação dissertativa-argumentativa.

Segundo dia

  • 45 questões de Ciências da Natureza e suas tecnologias: Biologia, Física e Química; e
  • 45 questões de Matemática e suas tecnologias: Matemática. 

Como é calculada a nota do Enem?

Com o modelo de correção chamado Teoria de Resposta ao Item (TRI), a nota do Enem é calculada de forma mais complexa que os demais vestibulares, ao não levar em conta apenas a quantidade de erros e acertos. Portanto, com o TRI, cada área avaliada tem uma média que é obtida dependendo da dificuldade das questões e do número de questões respondidas corretamente.

As questões do Enem são divididas em níveis de dificuldade e, se o candidato acertou questões difíceis, mas errou as fáceis, os acertos são considerados incoerentes e portanto valerão menos. Dessa maneira, tome cuidado em não errar questões mais fáceis, pois essas farão com que sua nota diminua mais do que errando as consideradas difíceis!

Esse algoritmo é usado para que as notas dos candidatos não sejam todas iguais e não tenham que desempatar milhares de candidatos, o que aconteceria se a nota se baseasse apenas em certo ou errado. Além disso, esse sistema evita o chute, pois reforça a importância de adquirir conhecimentos e não optar pela sorte. Desse modo, confira os três padrões avaliados pelo TRI:

  • Poder de discriminação: diferencia participantes que dominam ou que não dominam os conteúdos e as habilidades cobradas em cada questão
  • Grau de dificuldade: avalia a complexidade de cada questão.
  • Possibilidade de acerto ao acaso: avalia o padrão das respostas para evitar que o candidato acerte ao chutar a questão.

Como é a redação do Enem?

Assim como a maioria dos vestibulares, o Enem apresenta o gênero dissertativo-argumentativo para a sua redação e tem como objetivo argumentar assuntos presentes na sociedade atual. Este, apresenta uma estrutura simples, sendo dividida em três partes: introdução, desenvolvimento e conclusão.

  • Introdução: apresentar o tema e o posicionamento sobre o tema proposto.
  • Desenvolvimento: aprofundamento dos os argumentos citados na introdução, fortalecendo o ponto de vista que o candidato defende.
  • Conclusão: criar propostas de intervenção que contribuam para a melhoria da problemática.
Lembrando que a conclusão do Enem é caracterizada pela a proposta de intervenção, já  em demais vestibulares não é exigido que o candidato crie intervenções que contribuam para a melhoria do problema proposto.

Além disso, a redação do Enem é avaliada por meio de cinco competências, com o objetivo torna-la padronizada para todos os concorrentes. A seguir, confira o que cada uma das competências pede do candidato:

Competência 1Domínio da escrita formal da língua portuguesa
Competência 2Compreender o tema proposto e aplicar conhecimentos de outras áreas na construção do texto dissertativo-argumentativo
Competência 3Capacidade de selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em favor do seu ponto de vista. 
Competência 4Conhecimento dos mecanismos linguísticos para construir sua argumentação
Competência 5Elaboração de uma proposta de intervenção coerente com o problema exposto e que respeite os direitos humanos

A seguir, confira os temas de redação das últimas edições do Enem:

  • 2020: O estigma associado às doenças mentais na sociedade brasileira
  • 2019: Democratização do acesso ao cinema no Brasil
  • 2018: Manipulação do comportamento do usuário pelo controle de dados na internet
  • 2017: Desafios para formação educacional de surdos no Brasil
  • 2016: Caminhos para combater a intolerância religiosa no Brasil
  • 2015: A Persistência da Violência contra a Mulher na Sociedade Brasileira
  • 2014: Publicidade infantil em questão no Brasil
  • 2013: Os efeitos da implantação da Lei Seca no Brasil
  • 2012: O movimento imigratório para o Brasil no século XXI
  • 2011: Viver em rede no século XXI: os limites entre o público e o privado
  • 2010: O trabalho na construção da dignidade humana
Veja também
- 7 citações coringas para utilizar em qualquer redação
- Enem: modelos de redação nota mil desde 2009
- Quais são os principais livros que caem no Enem?

Ficou interessado em realizar o Enem? Acompanhe o Estratégia Vestibulares e encontre artigos, cursos e simulados preparatórios que te ajudarão a conquistar a vaga dos seus sonhos!

Enem Estratégia Vestibulares
Você pode gostar também
doente no dia do enem
Leia mais

Fiquei doente no dia do Enem. E agora?

Você sabe o que fazer se ficar doente nos dias de prova do Enem? Acesse este artigo e confira as principais informações!