O Brasil é um dos países mais difíceis para empreender. De um lado, é fato que existe uma estrutura complicada para criar o seu próprio negócio — embora isso tenha melhorado. No entanto, somente essa estrutura não explica o fato do país ter uma taxa de falência de empresas em 50%, ao considerar um período de 4 anos. Um dos motivos que atrapalham os empreendedores é a falta de conhecimento técnico. Por exemplo, você sabe qual é a importância de estudar vendas para quem tem um negócio?

Hoje em dia, o mundo empresarial e corporativo mudou muito. Se antes você abria uma empresa, criava um ponto de venda e começava a fazer negócios, hoje em dia são milhares de possibilidades diferentes. Dá para criar um perfil no Rappi e vender no aplicativo, é possível montar uma lojinha nas redes sociais e vender por lá, ter um e-commerce, fazer dropshipping, misturar o virtual com o off-line. Enfim, dá para fazer de tudo!

O que não muda é a importância de se estudar vendas para quem tem um negócio, uma vez que, independentemente da área, do tamanho ou da localização, uma única coisa une todas as empresas do planeta: a necessidade de vender. Quer aprender mais sobre o assunto? Então siga a leitura abaixo!

Qual a importância de estudar vendas para quem tem um negócio?

Atualmente, 99% de todas as empresas no Brasil são de micro ou pequeno porte. Isso significa que a vasta maioria dos negócios nacionais são tocados por empreendedores individuais, com baixos recursos e pouca equipe para poder colocar os planos em prática.

Isso cria um desafio: é necessário vender, mas a verba é pouca para contratar vendedores. A solução mais fácil é aprender como vender para fazer essa parte comercial por conta própria.

Contudo, não se engane: não dá para ter um negócio de qualidade sem conseguir vender. É essencial vender já que toda empresa, independentemente do setor. Essa transação pode ser de uma cota publicitária, de um investimento, de um produto, serviço. Qualquer que seja a forma, todo negócio sobrevive da venda e, sem esse conhecimento, ele não avança.

No cenário ideal, toda empresa contrataria um time de vendedores para começar a funcionar, mas muitas vezes isso é inviável. Nos negócios, é essencial começar a ter resultados desde o primeiro dia e, para isso, o empreendedor deve ter noções de venda na cabeça.

5 dicas para melhorar seu conhecimento em vendas

1. Não menospreze o básico

Se você quer começar a aprender a vender, não menospreze o básico. A tendência dos iniciantes é pular para métodos avançados de PNL e outros recursos, e esquecer o que realmente move uma venda: desejo, obstáculos e condições.

Basicamente, a venda é o processo de ligar oferta com demanda. O consumidor quer e o vendedor tem para vender. No entanto, essa ligação sofre com dois pontos: os obstáculos de venda — objeções, negativas, entre outros — e condições financeiras para que ela se realize.

O papel do vendedor é eliminar os obstáculos e potencializar as condições financeiras para ligar o comprador ao produto. Isso é o básico! Domine isso e você estará com um pé no sucesso.

2. Não seja focado só em um método de vendas

Depois de dominar o básico, é hora de aprender os métodos de venda. No entanto, resista ao impulso de focar só em um método como se ele fosse a verdade absoluta. Explore vários sistemas diferentes e vá vendo o que funciona ou não funciona. O ideal é criar o seu!

3. Adapte tudo para o seu contexto

Lembre-se de que cada empresa tem um contexto. Pode ser em termos de tamanho, produto, localização ou outros fatores. Seja como for, cada uma terá seu próprio contexto. Por isso, não dá para aplicar fórmulas prontas sem pensar nisso. Adapte as coisas para ter os melhores resultados possíveis.

4. Colete dados e faça ajustes nas vendas

Se você quer otimizar suas vendas, será preciso entender o que dá errado. Para isso, será importante coletar dados e fazer uma análise, já que eles não mentem ou entendem as coisas errado.

Portanto, uma dica importante é criar um sistema de coleta de dados de cada interação de venda da sua empresa. Isso significa saber de onde veio cada lead, quando o negócio deu certo ou não deu, quais as objeções mais comuns e tudo mais. Na prática, isso dará insumo para pensar em ajustes que otimizarão os resultados futuros.

5. Invista em treinamento constante e motivação

Por fim, não pense que um dia você chegará ao estágio em que você dirá: “Beleza, agora eu sei vender”. Há sempre mais a aprender, sempre mais a descobrir e testar. Portanto, invista sempre em treinamento e motivação para alcançar resultados melhores do que os de ontem.

Pronto! Agora você já sabe sobre a importância de estudar vendas para quem tem um negócio e, além disso, aprendeu também como fazer esse estudo para coletar os melhores resultados possíveis. Lembre-se de que, no começo, você provavelmente será o único responsável por suas vendas, então dependerá das suas capacidades. Com o tempo, precisará usar seu conhecimento para contratar bons vendedores e manter o negócio crescendo.

Gostou do conteúdo? Então continue nos acompanhando!

Vendas - Estratégia Vestibulares
Você pode gostar também