Banner Artigo

Concurso Escola Militar: como ingressar em um dos 13 colégios?

Data 09/12/2019

Postado por Fernando Brito

Categorias Carreiras Militares

Como faço para entrar em um Colégio Militar? Como funciona a Escola Militar? Qual a idade mínima para entrar na Escola Militar? Como funciona a Escola Militar? Uma dessas perguntas provavelmente pode ser a sua. Por isso, nós criamos este artigo que vai responder a essas e outras diversas perguntas para quem sonha entrar para um dos 13 Colégios Militares.

A primeira pergunta que fica é: o que é um Colégio Militar. Esta é uma das propostas mais defendidas pelo atual governo brasileiro. Ainda durante as eleições presidenciais, o presidente Jair Bolsonaro já havia defendido a implantação, em nível nacional, de Colégios Militares. Segundo ele, isso diminuiria a violência no contexto escolar.

O que é um Colégio Militar?

Colégio Militar nada mais é que uma Escola Pública administrada por militares do Exército Brasileiro, da Polícia, Bombeiros e outros órgãos da segurança. Nos Colégios Militares são ministradas aulas da educação básica (Ensino Fundamental e Ensino Médio).

O primeiro Colégio Militar surgiu ainda no período imperial, em meados dos anos de 1889. Criado por D. Pedro II, o Colégio Militar era dedicado apenas aos filhos, do sexo masculino, de militares brasileiros. Com o tempo, essa regra foi adaptada, e filhas do sexo feminino e de civis passaram a ter acesso.

CURSO COLÉGIOS MILITARES

Como funciona a Escola Militar?

Como mencionado, os Colégios Militares são administrados por oficiais. Desde a questões administrativas, coordenação e direção do colégio. Os professores que ministram aulas são, normalmente, da rede pública de ensino, militares formados para o magistério.

Dentre os objetivos do Colégio Militar, estão o ensino de qualidade. Além disso, preza-se pelo enaltecimento da disciplina, do patriotismo, do civismo, da hierarquia e da ordem referenciando o modelo tradicional de ensino.

Existem regras nos Colégios Militares?

Sim. Há um manual de regras que deve ser seguido à risca pelos alunos. Ainda assim, as regras podem variar entre uma instituição e outra. Dentre as regras mais conhecidas estão:

  • corte de cabelo para os meninos
  • não uso de brincos, esmaltes e maquiagens para meninas
  • continência a militares
  • canto diário do hino nacional
concurso escola militar

Como entrar para um dos Colégios Militares?

De acordo com o Exército Brasileiro, há duas formas de ingresso nos Colégios Militares. A primeira é por concurso público. O Concurso é feito anualmente para candidatos ao 6º ano do ensino fundamental e para a 1ª série do Ensino Médio. Em média, 22 mil candidatos concorrem anualmente, entre dependentes de militares e civis.

A segunda forma de ingresso aos Colégios Militares é por amparo regulamentar. O ingresso por amparo, especificado em regulamento, destina-se a atender os dependentes de militares, que sofrem os reflexos das obrigações profissionais dos pais em razão das peculiaridades da carreira.

Qual a idade mínima para entrar na Escola Militar?

Pode ingressar em um dos 13 Colégios Militares os candidatos que estiverem enquadrados nos seguintes limites de idade:

para 6º ano

  • ter menos de 13 anos em 1º de janeiro do ano da matrícula e completar 10 anos até 31 de dezembro do ano da matrícula.

para o 1º ano

  • ter menos de 18 anos em 1º de janeiro do ano da matrícula ou completar 14 anos até 31 de dezembro do ano da matrícula

CURSO COLÉGIOS MILITARES

Como é a seleção para os Colégios Militares?

O primeiro passo é, se você estiver enquadrado nos requisitos estabelecidos e mencionados anteriormente, solicitar sua inscrição durante o período vigente conforme o regulamento. Em 2019, as inscrições ficaram abertas entre os meses de julho e agosto, com taxa de R$ 95,00.

As provas do exame aconteceram em setembro. Embora a seleção seja regulamentada por apenas um edital, os Colégios Militares têm autonomia para aplicar suas provas de forma distinta. Desse modo, a prova aplicada em uma instituição será diferente da outra.

Quais são as etapas o concurso?

  • I – Exame Intelectual, de caráter eliminatório e classificatório
  • II – revisão médica e odontológica, de caráter eliminatório;
  • III – comprovação dos requisitos biográficos, de caráter eliminatório.

Como é e o que cai na prova?

Como mencionado, cabe a cada Colégio Militar a aplicação das provas, bem como as etapas subsequentes do concurso Escola Militar. O Exame Intelectual é composto de Provas Escritas Objetivas. A prova contém questões que cobram dos candidatos conhecimentos nas disciplinas de:

  • Matemática
  • Língua Portuguesa
  • Redação

Os candidatos têm 6 horas para responder às questões. Será considerado reprovado no exame e eliminado do concurso Escola Militar o candidato que não obtiver, no mínimo, 50% de acertos no total das questões relativas a cada uma das provas, correspondendo à nota 5,00.

Onde ficam os Colégios Militares?

  • Belém
  • Belo Horizonte
  • Brasília
  • Campo Grande
  • Curitiba
  • Fortaleza
  • Juiz de Fora
  • Manaus
  • Porto Alegre
  • Recife
  • Rio de Janeiro
  • Salvador
  • Santa Maria
Mapa do Brasil indicando os estados que possuem Colégios Militares
Em verde, estados que possuem Colégio Militar em funcionamento

CURSO COLÉGIOS MILITARES

Leia mais…

Fernando Brito

Fernando Brito

Jornalista com experiência em web, TV, impresso, assessoria de comunicação, mídias sociais, cerimonial e media training. Atualmente é responsável pelo jornalismo do Estratégia Vestibulares, atuando como coordenador de conteúdo.

Deixe seu comentário!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você também pode gostar:
O Estratégia Militares anuncia mais uma edição do nosso tradicional Provão de Bolsas para os
O Estratégia Militares realizou nos dias 28 e 29 de março, o 2º Simulado EsPCEX
A Marinha do Brasil suspendeu as Provas Escritas Objetivas do Concurso EAM 2020 que estavam
Edital oficial será publicado dia 17 de abril Quer se tornar um Cadete do Exército
O Comando da Aeronáutica publicou em comunicado oficial, nos dias 20 e 24 de março,

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *