Banner Artigo

Como estudar obras literárias para Vestibular: SETE DICAS

Data 10/02/2020

Vestibulando sabe: todo processo seletivo exige obras literárias para leitura! Por isso, escrevo este artigo para você que precisa saber como estudar obras literárias para Vestibular. Aqui você encontra sete incríveis dicas que vão te ajudar muito na sua preparação.

De antemão, eu diria: a quinta dica é uma das mais importantes. Vamos lá?

Dicas de como estudar obras literárias

Instituições espalhadas por todo o país cobram em suas provas algo extremamente importante: o repertório de leituras obrigatórias. Para quem não sabe, isso significa dizer que há certos livros e obras os quais a banca julga necessários para a sua compreensão da realidade.

E, é claro, como parte do conteúdo programático, naturalmente eles vão cair na sua prova. É importante dizer que o perfil, o gênero e os(as) autores(as) dos livros costumam variar bastante de vestibular para vestibular.

De acordo com a minha experiência, as obras literárias costumam ser uma dificuldade geral entre os vestibulandos. Isso porque elas não exigem só leitura, mas sim análise crítica.

Assim, esse artigo será uma ótima oportunidade para vocês aplicarem essas dicas na prática de estudo de vocês.

Como estudar obras literárias para Vestibular. DICA 01: faça um planejamento quantitativo

DICA 01 – planejamento quantitativo

Ao estudar obras literárias para vestibular, uma das primeiras dicas que eu dou aos meus alunos é criar um planejamento quantitativo. Esse planejamento diz respeito à divisão básica entre o número de dias que falta para a sua prova e o número de páginas da obra literária que você deverá ler.

É tão fácil que, mesmo eu, que sou de Humanas, consigo fazer esse cálculo (risos). =) Basta você pegar o número de dias e dividir pelo número total de páginas do livro. Com isso, você consegue identificar o número “x” de páginas a ler por dia.

Para mim, isso é plausível, mas eu sou leitora de longa data. De qualquer forma, vocês teriam que conciliar esse processo com o estudo das outras disciplinas, que não pode deixar em segundo plano.

Entretanto, não se preocupem tanto assim. Esse meu cálculo parte do pressuposto que vocês irão começar a ler hoje. Muito provavelmente não é o caso.

Se você está focado em alguma instituição, certamente estudar obras literárias você já faz há algum tempo. Dessa forma, o número de páginas que falta será menor.

Essa #estratégia irá ajudar a formar um hábito saudável de leitura, sem que vocês precisem se desesperar antes da prova ou se sentirem inseguros, achando que não irão conseguir ler tudo.

Lembre-se!

Para seguir esse método, é preciso estar em dia com o calendário e cronograma da sua instituição. Por isso, conhecer as datas é extremamente importante para vocês se organizarem.

Se você precisa ser informado sobre os calendários das instituições, acesse o artigo Vestibulares Abertos. Lá, você vai encontrar um resumo com todos os detalhes.

DICA 02 – revisões antes da prova

Outra dica que eu dou para quem me pede dicas de como estudar obras literárias para o vestibular, é a seguinte: você pode aproveitar a semana que antecede a data da prova do vestibular para fazer uma revisão.

Aproveite esses dias para estudar por meio de resumos, questões de fixação e quadros sinópticos. Os meus PDF’s estão cheios deles.

Ainda assim, mesmo que vocês estudem por meio dos PDF’s e dos resumos já prontos, é relevante que vocês passem a adquirir o hábito de fazerem as suas próprias anotações!

Chamamos a isso de anotações autorais, ou seja, elaboradas por vocês mesmos. Isso porque é um material escrito pela sua própria linguagem. Assim, você vai entender melhor tudo o que você leu.

Como estudar obras literárias para Vestibular. DICA 03: resolva questões

DICA 03 – resolva questões

No seu planejamento também deve estar incluso um certo tempo para resolver as questões sobre as obras literárias. Isso é muito importante, porque na prova do vestibular não vai ser analisada exatamente a leitura de vocês, mas a sua análise.

Para quem tem dificuldade, a melhor dica é treinar ao máximo mediante exercícios. O nosso material está cheio deles! Inclusive, no menu Cursos Gratuitos aqui do blog, você vai encontrar uma página cheia de simulados para vestibular, exclusivos e com questões inéditas.

No caso de obras com pouca recorrência de cobrança, ou mesmo nenhuma, eu tive o prazer de criar questões inéditas, com essa preocupação de que, ao estudar obras literárias para vestibular, vocês treinem bastante.

E ainda mais: tem aulas para as quais eu disponibilizo anexos, tratando-se de glossários ilustrados, para ajudar na construção de vocabulário.

Muitas dessas obras literárias foram publicadas num período muito distante do nosso. Compreendo que esse fato pode não só dificultar o entendimento das obras no geral como também afasta os alunos das obras.

Pelo contrário, o meu objetivo é aproximá-los da obra, pois assim vocês terão mais chance de gostar delas.

DICA 04 – identificar a melhor edição da obra

Muitos têm dificuldade em saber qual é a melhor edição da obra pedida. Alguns vestibulares inclusive indicam as suas edições recomendadas; outros, não.

Muitas das obras estão disponíveis no domínio público, isto é, encontram-se na internet e vocês não precisam investir nelas.

Porém, se vocês têm condição, sugiro sempre investirem em edições com textos críticos, pois eles ajudam na análise de vocês.

Se não têm condição, não se preocupem, esse método ajuda, mas não é essencial. Por fim, é interessante se atentarem para ler a edição mais recente (para o caso das compradas).

Isso porque pode ter havido alterações no Novo Acordo Ortográfico, por exemplo. Para a elaboração das minhas tabelas e cálculos, eu utilizei as edições que eu li, baseando-me então nesses critérios que eu expus acima.

Dica 05 – crie um vínculo afetivo

Outra #dica bem legal quem quer estudar obras literárias para vestibular é tentar arrumar um meio de se sentirem mais próximos das obras, criar um vínculo afetivo com elas, tentar gostar de alguma coisa nelas, para que assim a leitura se torne mais prazerosa.

Como estudar obras literárias para Vestibular. DICA 05: monte um diário de leitura

DICA 06 – monte um diário de leitura

Enquanto professora de Português, eu entendo que muitos(as) do(as) aluno(as) não gostam de ler. E são vários os motivos. Seja por dificuldade, seja por resistência, por falta de hábito ou qualquer outro motivo.

Então, como estudar obras literárias para vestibular nesse caso? Dado que as obras se situam em um contexto de vestibular, logo, não costumam ser uma leitura descontraída.

Muitas delas têm vocabulário e temática difíceis. Daí vai bater o desespero em alguns, mas não se preocupem: estou aqui para ajudá-los. Com uma rotina equilibrada de leitura, é possível ler todas as obras pedidas pela banca.

Nessa seção, irei ensiná-los a fazer um mapeamento próprio de leitura, a que eu chamei de diário de leitura. Diário porque parto do pressuposto que vocês irão ler todo dia.

Ou seja, vocês poderão montar tabelas e inclusive anotar o número de páginas para fazer aquele cálculo quantitativo da primeira dica.

Esse autocontrole é essencial para que vocês se organizem, não se percam em meio às obras e à quantidade de dias que vocês terão para lê-las.

Com esse objetivo, eu disponibilizei um exemplo dos meus diários de leitura em relação ao que eu já estou lendo para os Vestibulares 2020.

Vai servir como exemplo; porém, cada um poderá fazer o seu diário individualmente, inclusive personalizando-o.

No meu caso, eu optei por montar uma tabela simples, com um coluna par indicar o total parcial do que eu já li e o total final de tudo o que eu precisaria ler enquanto vestibulando(a).

As marcações em negrito, itálico e sublinhado significam o que eu já li.

Obras FUVEST 2020

LIVROS AUTORES PÁGINAS
Poemas EscolhidosGregório de Matos352
Quincas BorbaMachado de Assis424
Claro EnigmaCarlos Drummond de Andrade144
AngústiaGraciliano Ramos336
A RelíquiaEça de Queirós368
MayombePepetela256
SagaranaGuimarães Rosa325
O cortiçoAluísio Azevedo232
Minha vida de MeninaHelena Morley335
TOTAL PARCIAL1.495
TOTAL2.772

Obras Unicamp 2020

LIVROS AUTORES PÁGINAS
Sobrevivendo no Inferno dosRacionais MC’s143
“O espelho”Machado de Assis6
SonetosLuís de Camões
SermõesPadre Antônio Vieira200
Quarto de despejo: diário de uma faveladaCarolina Maria de Jesus199
“A hora e a vez de Augusto Matraga”Guimarães Rosa38
A falênciaJúlia Lopes de Almeida191
A teus pésAna Cristina César144
O bem amadoDias Gomes124
A cabra vadiaNelson Rodrigues380
História do cerco de LisboaJosé Saramago352
Caminhos cruzadosÉrico Veríssimo368
  TOTAL PARCIAL1.340
  TOTAL2.145

DICA 07 – faça uma autoavaliação

Pessoal, por fim, depois de todas essas dicas sobre como estudar obras literárias para vestibular, acredito que vocês irão ser capazes de passar por uma autoavaliação. A ideia é saber como vocês estão indo nas leituras, o quanto falta, como será melhor se preparem.

A ideia é saber como vocês estão indo nas leituras, o quanto falta, como será melhor se preparem.

Daí vai de cada um: eu sugiro que imprimam essas tabelas, ou a escrevam no papel e a deixem bem visível, para que vocês possam consultá-la com mais facilidade: na sua estante de estudos, na porta do armário ou na da geladeira, por exemplo.

O importante é ela estar sempre ao alcance das mãos, de forma que vocês possam atualizá-la. Vocês deverão criar um hábito de leitura diário. Isso ajuda com que as leituras das obras não se acumulem.

Considerações finais

Contudo, sei que a rotina de estudante é muito complicada, e algumas vezes vocês poderão, ainda com planejamento, atrapalharam-se. Ou, simplesmente, haverá dias nos quais vocês estarão muito cansados para ler e estudar obras literárias.

Nesse caso, eu sugiro trabalharem num esquema de compensação. Por exemplo: se de acordo com o seu planejamento você deveria ler 15 páginas hoje e você não as leu, essas 15 páginas automaticamente deverão passar ou para o dia seguinte ou para o fim de semana.

Porém, cuidado: eu destaco que é importante não fazer desses adiamentos um hábito, caso contrário vocês irão se ver numa bola de neve irreversível. O que deverá ser o hábito é a leitura constante em si.

O mesmo vale para o caso inverso. Se vocês, alunos, estiverem com facilidade para ler, porque estão adiantados ou simplesmente porque gostam mais de ler, nesse caso, eu sugiro o seguinte: se você consegue ler 15 páginas por dia, consegue ler 20 igualmente!

Esforcem-se um pouco mais, pois assim em determinado momento vocês se verão adiantados, de forma que isso pode otimizar o tempo de vocês. Porém, mais do que isso eu, enquanto professora, julgo excessivo para o seu estudo enquanto vestibulando(a).

Nesse sentido, vocês poderão de uma maneira geral se avaliarem em alguns grupos de alunos que:

  1. leram a obra;
  2. pretendem ler a obra;
  3. não pretendem ler a obra.

Dessa maneira, vocês podem também se avaliarem tendo em vista a nota de corte do curso de vocês em comparação com o número de questões que vocês devem acertar na prova.

Por exemplo, se você pretende fazer um curso de Medicina, no qual a nota de corte em um vestibular de 90 questões costuma ser 75, a cada 10 questões relativas à obra, o ideal é que você acerte no mínimo 8.

No mais, continuem acompanhando as novidades do Estratégia Vestibulares, pois estamos nos dedicando e no futuro continuaremos a força-tarefa de nos dedicar ao estudo dessas obras especificamente.

Instagram: @luana.signorelli

Facebook: Luana Signorelli

CURSOS PARA VESTIBULAR

Leia mais…

Prof. Luana Signorelli

Prof. Luana Signorelli

Mestra em Literatura e Práticas Sociais pela Universidade de Brasília (UnB) e Doutoranda em Teoria e História Literária pela Universidade Estadual de Campinas (Unicamp).

Deixe seu comentário!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você também pode gostar:
Vagas podem ser transferidas para o Vestibular Unicamp tradicional A Comvest divulgou uma nota, nesta
O Vestibular do 2º semestre de 2020 das Fatecs do Estado de São Paulo iniciaram
A Universidade Federal de Tocantins cancelou a realização do Vestibular UFT 2020.2 e comunicou na
O que acha de colocar em teste a sua preparação para o vestibular e ser
A Universidade Estadual de Ponta Grossa anunciou na quinta, dia 2 de julho, que as

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *