As proteínas são polímeros constituídos por sequências de aminoácidos. Esses compostos estão envolvidos em diversas reações metabólicas, por isso são fundamentais para o funcionamento do nosso organismo. Diante da sua relevância, o processo de formação ou síntese proteica é muito cobrado nos vestibulares.

Pensando na recorrência desse assunto nas provas, o Estratégia Vestibulares preparou um artigo que resume as etapas e características da formação de proteínas. Confira a seguir!

Como ocorre a síntese proteica?

A síntese proteica é essencial para o crescimento e desenvolvimento dos seres vivos. Ela ocorre por meio da utilização dos ácidos nucleicos, que são o DNA e o RNA.

Onde ocorre a síntese proteica?

A formação de proteínas ocorre em organelas denominadas ribossomos, os quais estão presentes em células eucariontes e procariontes.

A tradução, considerada a etapa mais importante do processo, acontece dentro do RNA ribossômico, ou RNAr. 

Nesse local, forma-se o ribossomo ativo. Esse complexo apresenta dois sítios de ação: o sítio P, em que o peptídeo será construído, e o sítio A, onde os aminoácidos “chegam”.

Quais as etapas da síntese proteica? 

O processo é determinado da seguinte forma:

  1. Transcrição: a enzima RNA-polimerase é responsável por decodificar fitas de DNA e transformá-las em moléculas de RNA.
  1. Tradução: essa fase se inicia com a presença do RNA mensageiro, também chamado de RNAm. Ele é responsável por conter códons, que são sequências com três bases nitrogenadas, são elas: uracila, guanina, citosina e adenina.

Segundo o código genético, cada sequência de bases é capaz de formar aminoácidos. Para compreender melhor, observe a tabela:

CÓDONAMINOÁCIDO
UUALeucina
AUUIsoleucina
UCGSerina
GGU Glicina
GUAValina
ACUTreonina
AGUSerina
CUCLeucina

Note que sequências diferentes podem gerar aminoácidos iguais, exemplo: UUA e CUC geram leucina. A explicação para isso é que o código genético é redundante, degenerado e universal.

É importante ressaltar que uma trinca nunca codifica aminoácidos diferentes, ou seja, AGU sempre formará Serina, e assim sucessivamente.

Mas afinal, quem decifra o RNAm?

Esse papel de leitura e decodificação é concedido aos RNAs transportadores, que “trazem” os aminoácidos descritos em cada códon, e começam o encadeamento da proteína.

O emparelhamento dos aminoácidos é feito por meio das ligações peptídicas. Essa união de peptídeos ocorre pela reação entre aminas e carboxilas, conforme os princípios químicos.

Quando a decifração do RNA mensageiro é concluída, é encerrado o transporte e a união peptídica, assim como a síntese proteica.

Exercícios

Agora que você já conhece as principais etapas e informações sobre a síntese proteica, resolva exercícios de vestibulares sobre o tema. Ao fim do seu estudo, confira as resoluções comentadas e mantenha uma rotina de revisões para melhor fixação do conteúdo. 

Questão 1 – (UECE 2014) No mecanismo da transcrição, uma das fitas do DNA (a fita molde) é transcrita em RNA mensageiro pela ação de:

  1.  um peptídeo sinalizador iniciador.
  2.  dois RNAs ribossômicos acoplados.
  3.  uma enzima denominada RNA polimerase dependente de DNA.
  4.  uma associação de RNAs ribossômicos com vários RNAs transportadores

Questão 2 – (PUC-RJ 2013) As tetraciclinas constituem uma classe de antibióticos produzidos por bactérias do gênero Streptomyces. Elas atuam impedindo que o RNA transportador se fixe ao ribossomo nas células bacterianas.

Em qual processo biológico este antibiótico atua?

  1.  Transcrição
  2.  Síntese Proteica
  3.  Replicação do DNA
  4.  Divisão celular
  5.  Recombinação

Questão 3 – (UFRGS 2016) No bloco superior abaixo, são citados processos relacionados à síntese proteica; no inferior, seus eventos característicos. Associe adequadamente o bloco inferior ao superior.

1 – Transcrição 

2 – Tradução

( ) A síntese de RNA, a partir do DNA, é catalisada pela polimerase do RNA.
( ) O RNAt que transporta o aminoácido metionina emparelha-se com um códon AUG, presente na molécula de RNAm.
( ) O sítio P é sempre ocupado pelo RNAt que carrega a cadeia polipeptídica em formação.
( ) A região promotora é uma sequência de bases nitrogenadas do DNA que determina o local de encaixe da polimerase do RNA.

A sequência correta de preenchimento dos parênteses, de cima para baixo, é:

a)1 – 1 – 2 – 2.
b)1 – 2 – 2 – 1.
c)1 – 2 – 2 – 2. 
d)2 – 1 – 1 – 1.
e)2 – 1 – 1 – 2

Resoluções

Questão 1 – Para a transcrição, é utilizada a enzima RNA-polimerase, que é capaz de sintetizar fitas de RNA a partir de fitas de DNA. Assim, a alternativa correta é a letra C.

Questão 2 – Por impedirem a ação de RNAs transportadores, esses antibióticos impedem a chegada de aminoácidos aos ribossomos, o que trava o processo de síntese proteica. Por isso, a resposta correta é a letra B.

Questão 3 – A utilização de RNA-polimerase ocorre na transcrição do DNA em RNA. O que pode ser preenchido na primeira e na quarta lacuna. 
A formação da cadeia polipeptídica e a associação entre RNAm e RNAt ocorre durante a transcrição. Isso está contido na primeira e na segunda afirmação.
Assim a sequência correta é (1)(2) (2)(1), conforme a letra B.


Gostou do conteúdo que o Estratégia Vestibulares preparou? Agora que você já sabe as principais informações sobre síntese proteica, ficará fácil resolver os exercícios sobre o tema durante o vestibular! Se quiser alavancar ainda mais seus estudos, conheça também nossos cursos preparatórios. Clique no banner abaixo:

sintese proteica - Estratégia Vestibulares
0 Shares:
Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você pode gostar também
Metabolismo energético
Leia mais

Metabolismo energético

O metabolismo energético é um importante mecanismo para a manutenção da vida! Por estar ligado às disciplinas de…