Olá, pessoal. Tudo bem? Sou a prof. Carol Negrin e escrevo este artigo para resolver e comentar as questões da prova da FAMERP 2020. Nesta página, você vai ver a correção da prova do 1º Dia, que contou com 10 questões objetivas.

Já no segundo dia de prova, a FAMERP cobrou 8 questões discursivas e você vai poder conferir os meus comentários clicando aqui.

A FAMERP trouxe questões referentes aos temas mais diversos dentro dessa ciência, apresentando: duas de Microbiologia, cinco de Fisiologia Animal, duas de Fisiologia Vegetal, uma de Botânica, duas de Ecologia, uma de Evolução, duas de Biologia Celular, duas de Genética e uma de Invertebrados.

Foi uma prova bem interessante e com complexidade média, o que nos indica que o candidato deveria não cometer grandes equívocos, visto a grande concorrência pelas vagas disponibilizadas nos cursos de Medicina, Enfermagem e Psicologia.

Abaixo, segue a resolução das questões de Biologia da prova. ?

Prova FAMERP 2020

Questão 41

       Um cogumelo apresenta os micélios aderidos ao solo. Um feijoeiro apresenta raízes que crescem entre os sedimentos do solo. Os micélios e as raízes presentes nesses organismos

(A) possuem células em constantes meioses.

(B) apresentam tecidos vasculares.

(C) reservam glicogênio.

(D) possuem parede celulósica.

(E) absorvem água e sais minerais.

Resolução Comentada

  • A alternativa correta é a letra E. As raízes do feijoeiro e os micélios aderidos ao solo do cogumelo absorvem água e sais minerais.
  • A alternativa A está incorreta, pois apenas as regiões meristemáticas das raízes, como a gema subapical, possuem células em constantes mitoses.
  • A alternativa B está incorreta, pois fungos são formam tecidos.
  • A alternativa C está incorreta, pois vegetais têm amido como reserva energética.
  • E a alternativa D está incorreta, pois fungos têm parede constituída por quitina.

Gabarito: E

Questão 42

       Um exame antidoping confirmou que Ben Johnson, corredor dos 100 metros, utilizou, nos Jogos Olímpicos de 1988, a substância estanozolol, um tipo de esteroide proibido em competições por ter efeito anabolizante na musculatura. A substância utilizada pelo atleta é um tipo de

(A) proteína, que acelera o metabolismo das fibras musculares.

(B) lipídio, que estimula a síntese proteica nas fibras musculares.

(C) lipídio, que aumenta a síntese de LDL e melhora a atividade cardíaca.

(D) ácido nucleico, que ativa os genes responsáveis pela força muscular.

(E) proteína, que favorece a retenção de água utilizada no metabolismo muscular.

Resolução Comentada

O estanozolol é um esteroide, portanto, um lipídio. Essa substância funciona como um anabolizante na musculatura, assim promove o aumento da síntese de proteínas nas fibras musculares, principalmente actina e miosina, as quais promovem a contração muscular.

Portanto, a alternativa correta é a letra B.

Gabarito: B

Questão 43

       Não é indicado que mulheres gestantes tomem a vacina tríplice viral, que protege contra sarampo, caxumba e rubéola, porque alguns dos seus componentes poderiam causar malformações ao feto. Caso uma gestante adquira sarampo, existe uma medida excepcional de tratamento, que consiste na aplicação, por via intravenosa e em qualquer fase da gestação, de imunoglobulinas extraídas do sangue de doadores. Essa medida protege o corpo da gestante infectada pelo vírus porque as imunoglobulinas aplicadas

(A) desencadeiam a produção de antígenos.

(B) promovem a imunidade passiva artificial.

(C) estimulam a imunidade ativa natural.

(D) reduzem a resposta imunológica humoral.

(E) atuam de forma inespecífica contra os antígenos.

Resolução Comentada

  • A alternativa correta é a letra B. A imunidade promovida é passiva e artificial, pois as imunoglobulinas (anticorpos) não foram produzidas pela própria gestante.
  • A alternativa A está incorreta, pois a gestante precisa de imunoglobulinas que atuem contra o agente infeccioso. Os antígenos são as moléculas que se aligam às imunoglobulinas para que ocorra a reação antígeno-anticorpo.
  • As alternativas C e D estão incorretas,  pois a gestante está recebendo anticorpos prontos contra o agente infeccioso.
  • E a alternativa E está incorreta, pois a reação antígeno-anticorpo é sempre específica.

Gabarito: B

Questão 44

Na orelha humana encontram-se os ossículos martelo, bigorna e estribo, que são essenciais ao fenômeno da audição. Essas estruturas ficam localizadas na orelha ­­­­­­­__________, apresentam células derivadas do tecido __________  e são ricas em ___________ .

Assinale a alternativa que preenche as lacunas do texto.

(A) interna – ósseo – carbonato de cálcio

(B) média – ósseo – fosfato de cálcio

(C) interna – ósseo – iodeto de potássio

(D) interna – cartilaginoso elástico – fosfato de cálcio

(E) média – cartilaginoso hialino – iodeto de potássio

Resolução Comentada

Na orelha humana encontram-se os ossículos martelo, bigorna e estribo, que são essenciais ao fenômeno da audição. Essas estruturas ficam localizadas na orelha média, apresentam células derivadas do tecido ósseo e são ricas em fosfato de cálcio.

A alternativa correta é a letra B.

Gabarito: B

Questão 45

O gráfico ilustra a variação da taxa metabólica de um animal em relação à variação da temperatura ambiente.

       O animal que apresenta a variação da taxa metabólica ilustrada no gráfico

(A) depende do calor produzido pelo próprio metabolismo.

(B) eriça pelos ou penas em dias frios para manter o calor do corpo.

(C) depende do calor do ambiente para elevar a temperatura corpórea.

(D) consegue aumentar a atividade metabólica em dias frios.

(E) elimina suor em dias quentes, reduzindo a temperatura corpórea.

Resolução Comentada

O gráfico nos mostra que a taxa metabólica do animal aumenta com o aumento da temperatura ambiente. Assim, concluímos que se trata de um animal ectotérmico, que depende do calor ambiente para elevar a sua temperatura corporal.

Animais endotérmicos apresentam mecanismos internos de regulação da temperatura corpórea e manutenção da taxa metabólica constantes.  Portanto, a alternativa correta é a letra C.

Gabarito: C

Questão 46

       O esterco de galinha contém fezes e excretas nitrogenadas, que podem ser utilizadas para adubar o solo. As plantas cultivadas nesse solo não são diretamente beneficiadas pelo esterco porque as substâncias orgânicas contidas nele passam primeiramente pela

(A) nitrificação e depois pela decomposição, gerando o nitrato, que é absorvido pelos vegetais.

(B) decomposição e depois pela nitrificação, gerando o nitrato, que é absorvido pelos vegetais.

(C) decomposição e depois pela nitrosação, gerando o nitrito, que é absorvido pelos vegetais.

(D) nitratação e depois pela nitrosação, gerando o nitrato, que é absorvido pelos vegetais.

(E) nitrosação e depois pela nitratação, gerando o nitrito, que é absorvido pelos vegetais.

Resolução Comentada

As plantas necessitam absorver nitrogênio para se desenvolverem, pois esse elemento faz parte da constituição das proteínas e ácidos nucleicos. No entanto, ele é principalmente absorvido na forma de nitrato.

As excretas nitrogenadas da galinha não apresentam nitrato, mas ácido úrico, que precisa ser decomposto em substâncias nitrogenadas mais simples pelo processo de amonificação e, posteriormente, transformadas até a forma de nitrato num processo denominado nitrificação.

Portanto, a alternativa correta é a letra B.

Gabarito: B

Questão 47

       Astyanax mexicanus é uma espécie de peixe sem olhos, que vive em águas tropicais de cavernas do México. Heterocephalus glaber é a espécie do rato-toupeira-pelado, um mamífero roedor que também não tem olhos e é encontrado em tocas escavadas no solo africano. A semelhança quanto à ausência da visão nesses animais pode ser considerada uma adaptação aos ambientes em que eles vivem, que selecionaram essas características. O mecanismo evolutivo que promoveu essa semelhança é denominado

(A) irradiação adaptativa.

(B) convergência adaptativa.

(C) coevolução.

(D) evolução alopátrica.

(E) deriva gênica.

Resolução Comentada

A espécie de peixe e a de roedor não apesentam grau de parentesco muito recente, estão longe uma da outra na escala evolutiva. O próprio enunciado nos informa que a semelhança quanto à ausência de visão é resultado da adaptação ao meio, que selecionou essa característica de maneira independente em ambas as espécies.

Dessa forma, concluímos que o que promoveu essa semelhança foi um mecanismo de convergência adaptativa.

Portanto, a alternativa correta é a letra B.

  • A alternativa A está incorreta, pois a irradiação adaptativa ocorre quando duas características ou órgãos com mesma origem embrionária se diversificam em funções distintas.
  • A alternativa C está incorreta, pois as espécies mencionadas não apresentam relações ecológicas entre si, portanto não ocorreu a evolução interdependente das duas espécies (ou coevolução).
  • A alternativa D está incorreta, pois a questão não trata de um fenômeno de especiação.
  • E a alternativa E está incorreta, pois a questão não trata de alterações na frequência de alelos das populações das duas espécies, isto é, de deriva genética.

Gabarito: B

Questão 48

A figura ilustra, de forma simplificada, a reprodução de um pinheiro.

Os eventos biológicos que ocorrem nas etapas indicadas por 1, 2, 3, 4 e 5 são, respectivamente,

(A) dispersão, mitose, polinização, fecundação e meiose.

(B) meiose, fecundação, dispersão, polinização e mitose.

(C) meiose, polinização, fecundação, dispersão e mitose.

(D) polinização, dispersão, mitose, fecundação e meiose.

(E) dispersão, polinização, meiose, fecundação e mitose.

Resolução Comentada

A sequência 1, 2, 3, 4 e 5 demonstra um processo em que há dispersão de pólen pelo vento, polinização no encontro do grão de pólen com o gametófito feminino, meiose para a produção de gametas, fecundação dos gametas masculino e feminino e desenvolvimento do novo vegetal através de sucessivas mitoses.

Portanto, a alternativa correta é a letra C.

Gabarito: C

Questão 49

A genealogia ilustra uma família em que as pessoas destacadas apresentam uma doença autossômica monogênica.

       A análise dessa genealogia permite concluir que a probabilidade de

(A) os indivíduos I-2, II-5 e III-1 serem heterozigotos é de 2/3.

(B) os indivíduos I-1 e II-4 apresentarem o alelo para a doença é de 1/2.

(C) o próximo filho do casal I-3 e I-4 ser uma criança doente é de 1/6.

(D) o próximo filho do casal II-3 e II-4 ser uma menina doente é de 1/8.

(E) os indivíduos II-1 e III-3 apresentarem o alelo para a doença é de 1/4.

Resolução Comentada

Analisando o heredograma, concluímos que se trata de uma doença autossômica recessiva, pois não são todas as gerações que são afetadas (I-1 e I-2 não são afetados). Diante disso, sabemos que os indivíduos afetados são homozigotos recessivos, que chamaremos de aa.

Agora, vamos esquematizar os genótipos dos indivíduos, sabendo que os indivíduos afetados são aa e os indivíduos não afetados podem ser AA ou Aa:

  • A alternativa A está incorreta, pois I-2 é certamente heterozigoto, II-5 é homozigoto recessivo e a probabilidade de III-1 ser heterozigoto é de ½.
  • A alternativa B está incorreta, pois I-1 e II-4 são certamente heterozigotos.
  • A alternativa C está incorreta, pois a probabilidade é de ½.
  • A alternativa D está correta. Sendo II-3 e II-4 heterozigotos (Aa), então a chance de gerarem uma criança com a doença (aa) é de ¼. Agora, a probabilidade de ser uma menina e com a doença é de 1/8: P (F e aa) = ½ . ¼ = 1/8.
  • E a alternativa E está incorreta, pois a probabilidade é de ½.

Portanto, a alternativa correta é a letra D.

Gabarito: D

Questão 50

       Uma das questões ainda não respondidas pela Ciência é sobre a origem dos vírus, se teriam surgido antes ou depois das primeiras células procariontes. Os pesquisadores apontam evidências e apresentam argumentos em favor de cada uma das hipóteses, mas ainda não há resposta definitiva sobre o tema. Em uma discussão entre dois alunos sobre qual dos micro-organismos surgiu primeiro no mundo, bactérias ou vírus, cinco argumentos foram apresentados. Destes, o mais correto, de acordo com os conhecimentos acerca desses micro-organismos, é:

(A) as bactérias surgiram antes dos vírus porque os vírus não possuem enzimas que auxiliem na sua replicação.

(B) os vírus surgiram antes das bactérias porque eles apresentam poucas estruturas celulares.

(C) as bactérias surgiram antes dos vírus porque os vírus dependem das células para se reproduzirem.

(D) os vírus surgiram antes das bactérias porque eles próprios sintetizam energia para se reproduzirem.

(E) os vírus surgiram antes das bactérias porque todos eles possuem genoma de RNA e capsídeo proteico.

Resolução Comentada

  • A alternativa correta é a letra C. Os vírus só apresentam metabolismo e conseguem se replicar se estiverem infectando uma célula hospedeira, procarionte ou eucarionte. Assim, seu surgimento deve ter sido posterior ao surgimento das bactérias.
  • A alternativa A está incorreta, pois vírus apresentam, sim, enzimas que atuam na replicação viral, como a transcriptase reversa presente nos retrovírus.
  • A alternativa B está incorreta, pois vírus não possuem estrutura celular, mas uma cápsula proteica que envolve o material genético.
  • A alternativa D está incorreta, pois os vírus não apesentam metabolismo próprio.
  • E a alternativa E está incorreta, pois existem vírus com DNA ou RNA como material genético.

Gabarito: C

É isso, pessoal. Espero que tenham gostado da correção. Qualquer dúvida, entre em contato através do Fórum de Dúvidas ou das redes sociais. Você pode baixar esta resolução de forma gratuita. Deixei o arquivo logo a seguir.

Abraço,

Professora Carol Negrin.

Instagram: @carolnegrin

Leia mais…

CURSOS PARA VESTIBULARES

0 Shares:
Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você pode gostar também