A prova da UEMA 2020 contou com cinco questões de Biologia, além de outras duas interdisciplinares com Geografia (questão 28) e com Química (questão 60). Dentre as questões de Biologia, três foram referentes a Ecologia e duas a organismos “inferiores”. Assim, foi uma prova que cobrou uma pequena quantidade de assuntos dente tantos presentes na disciplina.

Foi uma prova com questões relativamente fáceis. Nenhuma delas necessitava de um conhecimento complexo, de mecanismos e processos, para que fosse corretamente respondida. Além disso, uma das questões foi mal elaborada, como exposto nos comentários, em que a resposta não condizia com a pergunta presente no enunciado.

Abaixo, segue a resolução das questões de Biologia da prova. ?

UEMA 2020

Questão 51

Do pequeno microrganismo, invisível ao olho nu, às imensas árvores com mais de cem metros de altura, todos os seres vivos dependem não apenas da água, do solo e do ar, mas também dos outros seres vivos. A Ciência que estuda as relações entre os seres vivos, e entre eles e o meio em que vivem, é a Ecologia. Ao adentrar o terreno dessa ciência, há uma sequência natural que obedece a sucessivos níveis de organização da vida.

Analise a imagem para responder à questão.

LOPES, Sônia; ROSSO, Sérgio. Biologia. Volume único, 1 ed., São Paulo: Saraiva, 2005. (Adaptado)

Quanto aos níveis de organização dos seres vivos, os nomes dados aos elementos da sequência, ordenados do nível mais simples para o nível mais complexo, respectivamente, são os seguintes:

a) ecossistema, comunidade, população, biosfera, organismo.

b) biosfera, ecossistema, organismo, população, comunidade.

c) comunidade, biosfera, ecossistema, organismo, população.

d) população, organismo, biosfera, comunidade, ecossistema.

e) organismo, população, comunidade, ecossistema, biosfera.

Resolução Comentada

Os nomes dados aos elementos da sequência, ordenados do nível mais simples para o nível mais complexo, respectivamente, são organismo (forma individual de vida), população (conjunto de organismos da mesma espécie e que vivem em uma mesma área em um determinado tempo), comunidade (constituída por todas as populações que habitam uma área específica ao mesmo tempo), ecossistema (conjunto de todas as comunidades que interagem com si e com os fatores abióticos) e biosfera (conjunto de todos os ambientes físicos onde há vida).

A alternativa correta é a letra E.

Gabarito: E

Questão 52

As autoridades tentam evitar o aumento de combustão em nossa sociedade. Leia o trecho acerca de algumas medidas tomadas a esse respeito.

Conforme determina o Código de Trânsito Brasileiro, as autoridades de trânsito são responsáveis pela fiscalização de veículos, aplicando penalidades cabíveis aos proprietários de veículos com emissão de poluentes acima dos níveis previstos pela legislação. Desse modo, são utilizados aparelhos para aferir as emissões de poluentes dos veículos, os quais acoplados ao seu escapamento, em funcionamento, medem concentrações dos principais gases resultantes da combustão (CO2).

BRASIL – Código de Trânsito Brasileiro. LEI Nº 9.503, de 23 de setembro de 1997.

O acréscimo de dióxido de carbono (CO2) na atmosfera terrestre potencializa o fenômeno natural denominado

a) efeito estufa.

b) eutrofização.

c) inversão térmica.

d) assoreamento.

e) desmatamento.

Resolução Comentada

  • A alternativa correta é a letra A. O acréscimo de dióxido de carbono (CO2) na atmosfera terrestre potencializa o fenômeno natural denominado efeito estufa. Esse processo natura é o que permite a manutenção da temperatura da Terra e, portanto, da vida.
  • A alternativa B está incorreta, pois a eutrofização é um fenômeno causado pelo aumento na quantidade de matéria orgânica nas água devido a descargas de nutrientes, o que promove o aumento nas concentrações de algas e organismos microscópicos.
  • A alternativa C está incorreta, pois  a inversão térmica decorre de uma desestabilização da circulação atmosférica e consequente alteração da temperatura, o que acontece devido à concentração de partículas em suspensão.
  • A alternativa D está incorreta, pois o assoreamento ocorre nos corpos d’água, devido ao acúmulo de terra no leito dos rios em virtude do desmatamento.
  • E a alternativa E está incorreta, pois o desmatamento não é um fenômeno natural, assim como a eutrofização, a inversão térmica e o assoreamento.

Gabarito: A

Questão 53

As campanhas de vacinação são muito importantes para manter a população livre de surtos de doenças. O sarampo foi considerado uma doença erradicada no Brasil desde 2016, quando a Organização Mundial da Saúde (OMS) identificou que o país estava há anos sem registro de casos do vírus do sarampo. A partir de 2018 isso mudou, pois os boletins da OMS advertiram que houve um surto da doença. A volta do sarampo e de outras viroses como a poliomielite está associada à falta de vacinação das crianças em período determinado.

www.g1.globo.com/bemestar/noticia/sarampo-polio-difteria-e-rubeola-voltam-a-ameacar-apos-erradicacao-no-brasil.

A vacinação é considerada a forma mais eficiente de prevenir as viroses. Uma das razões dessa prevenção é o fato de os vírus serem

a) unicelulares.

b) acelulares.

c) pluricelulares.

d) eucariontes.

e) procariontes.

Resolução Comentada

A alternativa que deveria ser assinalada é a letra B. Os vírus são acelulares e, portanto, não são considerados seres vivos. Isso ocorre devido ao fato de, além não apresentarem estrutura celular, não apresentarem metabolismo próprio e capacidade de reprodução a menos que estejam infectando uma célula hospedeira.

Entretanto, não é esse o motivo que torna a vacinação contra viroses eficiente. Inclusive a vacinação é um método de prevenção para diversas doenças causadas por bactérias, como difteria, tuberculose, coqueluche e tétano.

Portanto, considero a questão mal formulada, pois, apesar de chegarmos a alternativa considerada correta pela banca, a resposta não traduz o que  enunciado cobra.

Gabarito: B

Questão 54

A Baixada Maranhense é formada por planícies baixas que alagam no período das chuvas, criando enormes lagoas.

As principais atividades econômicas da área apoiam-se nos recursos pesqueiros abundantes nos lagos, nos rios da região e na pecuária extensiva. Neste setor, a maior concentração de gado é empregada na bubalinocultura, em razão de os búfalos serem os animais mais bem adaptados às condições da região. Na região da Baixada Maranhense, os búfalos alimentam-se de partes das plantas, não chegando a matá-las. Esta é uma importante relação ecológica, visto que, ao comer plantas, os animais assimilam a energia captada da luz solar, que é transferida aos demais níveis tróficos. Em contrapartida, há pássaros (normalmente pequenas garças) que se alimentam de carrapatos e outros parasitas que vivem no dorso dos búfalos, com isso livrando o animal desses hóspedes indesejáveis.

http://batista-ma.org.br/ baixada-maranhense

Os tipos de relações ecológicas entre os búfalos e as plantas, de um lado, e entre as garças e os búfalos, de outro, são, respectivamente, chamados de

a) predatismo e comensalismo.

b) comensalismo e parasitismo.

c) protocooperação e amensalismo.

d) herbivoria e protocooperação.

e) parasitismo e predatismo.

Resolução Comentada

  • A alternativa correta é a letra D. A relação que se estabelece entre os búfalos e as plantas, que servem de alimento a ele, é do tipo herbivoria, enquanto a relação entre os búfalos e as garças é do tipo protocooperação, uma relação na qual ambos os indivíduos se beneficiam, mas podem viver de modo independente, sem prejuízo para qualquer uma das partes.
  • A alternativa A está incorreta, pois o predatismo é uma relação na qual um indivíduo captura e mata outra espécie para fins de alimentação (a planta não morre), e o comensalismo consiste em uma relação na qual apenas um indivíduo se beneficia, sem causar prejuízo ao outro (búfalos e garças se beneficiam).
  • A alternativa B está incorreta, pois o comensalismo consiste em uma relação na qual apenas um indivíduo se beneficia, sem causar prejuízo ao outro (búfalos e garças se beneficiam), e o parasitismo é uma relação na qual o organismo parasita vive no corpo de um organismo de outra espécie, seja dentro do corpo ou em seu exterior (seria a relação entre os búfalos e os carrapatos).
  • A alternativa C está incorreta, pois a protocooperação é uma relação na qual ambos os indivíduos se beneficiam, mas podem viver de modo independente, sem prejuízo para qualquer uma das partes (búfalos não vivem sem as plantas das se quais alimentam), e o amensalismo é uma relação ecológica entre duas espécies em que uma inibe ou impede o desenvolvimento da outra (o que não ocorre entre búfalos e garças).
  • E a alternativa E está incorreta, pois o parasitismo é uma relação na qual o organismo parasita vive no corpo de um organismo de outra espécie, seja dentro do corpo ou em seu exterior (seria a relação entre os búfalos e os carrapatos), e o predatismo é uma relação na qual um indivíduo captura e mata outra espécie para fins de alimentação (o que não ocorre entre búfalos e garças) .

Gabarito: D

A produção de bebidas alcoólicas é realizada por meio da fermentação de diferentes ingredientes. O vinho, por exemplo, é fabricado a partir da fermentação da uva; já a cerveja é produzida pela fermentação da cevada. Tal processo se dá devido ao fato de alguns organismos obterem energia pela quebra do açúcar, produzindo gás carbônico (CO2) e álcool etílico (C2H5OH), na ausência de oxigênio (O2). Esses seres vivos preferem se desenvolver em ambientes úmidos, podem apresentar quitina em sua parede celular, glicogênio como produto de reserva, são eucariontes, heterotróficos e contêm o maior potencial enzimático encontrado no planeta.

AMABIS, José Mariano; MARTHO, Gilberto Rodrigues. Biologia em contexto. 1. Ed. São Paulo: Moderna, 2013.

Pelas caraterísticas descritas, conclui-se que esses organismos são denominados

a) bactérias.

b) protozoários.

c) leveduras.

d) cianobactérias.

e) dinoflagelados.

Resolução Comentada

  • A alternativa correta é a letra C. Diante das características descritas e da função que realizam (fermentação), concluímos que os organismos são denominados leveduras, que são fungos unicelulares.
  • As alternativas A e D estão incorretas, pois bactérias e cianobactérias são organismos procariontes.
  • E as alternativas B e E estão incorretas, pois protozoários e dinoflagelados não apresentam parede celular de quitina, o que é característico de células fúngicas.

Gabarito: C

Qualquer dúvida, entre em contato através do Fórum de Dúvidas ou das redes sociais.

Abraço,

Professora Carol Negrin.

Instagram: @carolnegrin

Leia mais…

0 Shares:
Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você pode gostar também